Mercado fechado

Disquete do Macintosh assinado por Steve Jobs vai a leilão por 7,5 mil dólares

Fidel Forato

Depois de um leilão milionário de um Apple I (o primeiro computador da empresa da maçã) em perfeito estado, que foi anunciado por 7 milhões de reais no eBay, chega para os fãs da companhia uma lembrança mais acessível da icônica passagem de Steve Jobs pela empresa: um disquete assinado por seu criador, avaliado em mais de 32 mil reais.

É um produto diferente de alguns dos itens que costumam ser leiloados relacioanados à marca, como manuais autografados de Jobs, pôsteres ou prêmios da Apple, por isso mesmo pode custar um preço mais "razoável", relativamente falando.

Disquete assinado por Steve Jobs vai a leilão por mais de 7 mil dólares (Fonte: PR Auction) 

Por exatos 7,5 mil dólares, está em leilão pela PR Auction (casa de leilões sediada em Boston, nos EUA) um disquete pré-certificado original do Macintosh com a assinatura tão cobiçada do ex-CEO da empresa. Em disputa de lances, a mídia carrega uma cópia da versão 6.0 do Macintosh System Tools, o pacote de utilitários e softwares para o Mac OS Classic, lançado em 1988.

A seguir confira a descrição do produto na casa de leilões:

Disquete do Macintosh System Tools versão 6.0, assinado em marcador permanente preto, “steve jobs”. Em boa condição, com pequenos riscos na tinta. Um formato altamente desejado para a assinatura pouco vista de Jobs — conhecido como um “autografador relutante”, ele muitas vezes recusava os pedidos de colecionadores. Como uma parte do icônico software original do Mac, e com a assinatura elegante de Jobs em minúsculas, essa é uma peça da história da computação com qualidade de museu.

Depois disso tudo, é hora de dar o primeiro lance. Atualmente, a peça de museu recebeu a oferta de 4,6 mil dólares, que equivale cerca de 19 mil reais.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: