Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.232,94
    -1.102,06 (-3,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Disputado, Touro de Ouro da B3 recebe mais de 20 pedidos de compra

·2 min de leitura
Touro de Ouro
O Touro segue no depósito onde a B3 mantém seu acervo

(REUTERS/Amanda Perobelli)

  • Touro de Ouro, da B3, recebe mais de 20 ofertas de compra

  • Além disso, dez prefeituras desejam exibi-lo em suas cidades

  • Estátua foi alvo de polêmicas e teve que ser retirada da frente do prédio da B3 em novembro

Depois de toda a polêmica envolvendo o Touro de Ouro da Bolsa de Valores brasileira, a B3, a estátua agora está sendo disputada. Até o momento, foram mais de 20 ofertas de compra, além de dez pedidos de prefeituras que desejam exibi-la em suas cidades.

Leia também:

As informações são da Veja, que conversou com um dos envolvidos no projeto. No dia 23 de novembro, a obra foi retirada da frente do prédio da B3 após determinação da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana (CPPU), que concluiu que se tratava de uma peça publicitária, instalada sem autorização.

Segundo os julgadores, o Touro possuía QR Codes que direcionavam às redes sociais da B3 e de Rafael Bracatelli, artista plástico por trás da peça. Além disso, poderia ser uma referência à Touro Inc, escola de educação financeira do economista Pablo Spyer, que investiu na estátua.

O Touro segue no depósito onde a B3 mantém seu acervo. Conforme a empresa comunicou à Folha de S. Paulo, não há planos imediatos para uma nova exposição.

Protestos

Inspirada no Touro de Wall Street (EUA) para simbolizar o otimismo e força do mercado financeiro, a peça não agradou desde sua inauguração e foi alvo de comentários dos usuários do Twitter, que alegavam que o momento da instalação não poderia ser pior, diante da quantidade de brasileiros que sofrem com a inflação e falta do que comer.

Na manhã seguinte à instalação em frente ao prédio da B3, o Touro foi alvo de protestos contra a fome e teve cartazes colocados em sua estrutura. No dia posterior, ele amanheceu pichado com os dizeres “taxar os ricos”.

Desde a instalação da peça, em 16 de novembro, até sua retirada, a Bolsa de Valores registrou queda de 1,13%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos