Mercado fechado

Disney+ vale a pena? Conheça o catálogo e planos

André Lourenti Magalhães
·5 minuto de leitura

Com lançamento no Brasil previsto para o dia 17 de novembro, o Disney+ promete brigar pelo topo entre os serviços de streaming. A plataforma, já disponível nos Estados Unidos e em países da Europa, chega para a América Latina com conteúdos exclusivos da Disney, Marvel, Star Wars, Pixar e National Geographic, além de novas produções originais.

O serviço teve a sua pré-venda iniciada no último dia 3, acompanhada do anúncio de parcerias com Globoplay e Amazon Prime Video para assinaturas. Está em dúvida sobre assinar o streaming da Disney? O Canaltech reuniu informações sobre o catálogo, planos e valores oferecidos. Confira!

Disney+: catálogo

Catálogo traz todos os filmes da franquia Star Wars (Imagem: Divulgação/Disney)
Catálogo traz todos os filmes da franquia Star Wars (Imagem: Divulgação/Disney)

O catálogo do Disney+ reúne mais de 500 filmes e 7500 episódios televisivos. A plataforma traz, com exclusividade, todos os filmes lançados pelo Walt Disney Studios de 2019 em diante, além dos acervos completos de Disney, Marvel, Star Wars, Pixar e National Geographic. Existem rumores de que todo material da Disney será concentrado exclusivamente no streaming, sem acesso por outras plataformas ou TV paga.

Cada uma das franquias mencionadas traz um extenso acervo de filmes e séries de sucesso. Por parte da Disney, é possível ter acesso aos filmes e animações clássicas do estúdio, além dos programas e séries dos canais televisivos da empresa. Inclui materiais como Frozen, Moana, High School Musical, todos os filmes da franquia Rei Leão, entre muitos outros.

A plataforma traz também todos os conteúdos da Pixar, com os filmes e curta-metragens do estúdio de animação. Isso engloba todos os filmes da franquia Toy Story, Procurando Nemo, Os Incríveis, entre outros. A Marvel, por sua vez, inclui todos os filmes, séries e animações como Vingadores, Agentes da S.H.I.E.L.D. e a série animada de X-Men.

A franquia Star Wars traz seu acervo completo e exclusivo, contendo os nove filmes principais, spin-offs como Rogue One: A Star Wars Story, animações como Star Wars: The Clone Wars e filmes da franquia LEGO Star Wars. O catálogo também inclui as temporadas de Os Simpsons e materiais do canal National Geographic, com uma grande variedade de documentários.

O serviço de streaming também possui espaço para produções originais, como The Mandalorian, do universo Star Wars, e o filme musical Black Is King, da cantora Beyoncé. Alguns lançamentos futuros já foram anunciados, como Wandavision, Loki e Falcão e o Soldado Invernal.

Disney+: planos e valores

Qualquer tipo de assinatura do Disney+ disponibiliza o catálogo completo da plataforma. Na pré-venda, com duração entre 3 e 17 de novembro de 2020, a assinatura anual possui uma oferta especial de R$ 237,90, cobrada de forma integral na hora do pagamento. Após o lançamento, os valores da assinatura serão de R$ 27,90 por mês ou R$ 279 por um ano.

A pré-venda do serviço no Brasil foi acompanhada de diferentes parcerias e combinações com outras empresas. O Globoplay oferece um combo incluindo a própria plataforma e o Disney+ em assinaturas por R$ 43,90 em plano mensal ou 12x de R$ 37,90 no plano anual. Correntistas do Bradesco podem aderir ao streaming diretamente pelas plataformas do banco, garantindo até seis meses grátis de acordo com o meio de pagamento utilizado.

Conteúdos originais farão parte da plataforma (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)
Conteúdos originais farão parte da plataforma (Imagem: André Magalhães/Captura de tela)

A operadora Vivo disponibiliza três formas diferentes de assinatura do Disney+. Adicionando de forma avulsa, há um benefício de um mês grátis. Além disso, a assinatura do streaming pode ser acompanhada no plano pós-pago Vivo Selfie, cobrado a R$ 129,99 nos três primeiros meses e R$159,99 a partir do quarto mês, ou junto da assinatura de internet fixa da Vivo.

A Amazon é outra empresa que decidiu oferecer um plano conjunto com o Disney+. Por 12 parcelas de R$ 27,25, é possível assinar o pacote anual do Amazon Prime, com Prime Video, Amazon Music e Twitch Prime, e acessar o conteúdo da Disney. Por fim, o Mercado Livre oferece de 2 a 6 meses grátis para quem assinar o plano anual através da plataforma de pagamentos.

Para a assinatura padrão do Disney+, as opções de pagamento disponíveis são através de PayPal e cartões de crédito ou débito das bandeiras Visa, MasterCard, Elo e American Express.

Disney+: dispositivos e recursos

Disney+ poderá ser acessado em celulares, videogames, Smart TVs e mais (Imagem: Divulgação/Disney)
Disney+ poderá ser acessado em celulares, videogames, Smart TVs e mais (Imagem: Divulgação/Disney)

O Disney+ poderá ser acessado via navegador, aplicativos para Android e iOS, Smart TVs, videogames e dispositivos de streaming. A plataforma oferecerá a possibilidade de download de conteúdos para a reprodução offline, incluirá materiais em 4K e comportará transmissão em até quatro telas simultâneos, com limite máximo de 10 dispositivos conectados e capacidade de criar até 7 perfis diferentes;

Disney+: vale a pena?

O Disney+ chama a atenção pelo acervo de uma gigante do entretenimento, incluindo franquias famosas. Por ter a exclusividade desses materiais, isso pode ser um fator importante para a assinatura. A possibilidade de até quatro telas simultâneas e a variação de conteúdos consegue contemplar as demandas de uma família em casa, por exemplo.

Com relação ao preço, a assinatura avulsa do Disney+, por R$ 27,90 ao mês, é mais barata que o plano padrão do Netflix, vendido a R$ 32,90 ao mês. A concorrente oferece duas telas simultâneas, ao contrário das quatro disponibilizadas pela Disney.

Além disso, as ofertas especiais com Globoplay e Prime Video são uma oportunidade de concentrar diferentes conteúdos de streaming. Por isso, se procura uma opção de assinatura, a plataforma da Disney pode ser uma boa opção.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: