Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,32
    -0,17 (-0,26%)
     
  • OURO

    1.870,70
    +2,70 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    42.694,46
    -1.041,08 (-2,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,81
    -46,33 (-3,70%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.205,25
    -6,75 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4315
    +0,0014 (+0,02%)
     

Disney+ usará infraestrutura web da Amazon para expandir

Fábio Devito
·1 minuto de leitura
Disney+ usará infraestrutura web da Amazon para expandir
Disney+ usará infraestrutura web da Amazon para expandir

A Disney e a Amazon divulgaram um acordo, na última semana, que expande a hospedagem dos servidores do Disney+ na plataforma Amazon Web Services (AWS) ao redor do mundo, permitindo o alcance da plataforma de streaming em outros países.

A Disney+, que recentemente atingiu a marca de 100 milhões de assinantes, utilizará a infraestrutura de nuvem da Amazon em mais 50 tecnologias, incluindo soluções de machine learning, banco de dados, armazenamento, entrega de conteúdo e mais. Esta parceria será responsável pela entrega de conteúdo em mais de 59 países na América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina.

Crescimento recorde

A Disney+ é um fenômeno de crescimento. A marca dos 100 milhões de assinantes aconteceu com apenas 16 meses do seu lançamento. Em termos comparativos, a Netflix levou quase dez anos para atingir este patamar. De acordo com a Amazon, a velocidade com que a Disney está crescendo tem sido um desafio interessante para as plataformas AWS, tendo em vista que o lançamento de um produto deste porte em escala global é algo praticamente inédito no universo da tecnologia.

Geralmente, a implementação destes serviços acontece por meio de mercados escolhidos para testes e somente após esta validação que o serviço é expandido em escala. Isto até aconteceu com a Dinsey+, mas em um período de poucos meses. Ainda de acordo com a Amazon, somente no último ano, os servidores passaram por testes de peso ao lidar com o lançamento simultâneo de séries como Mandalorian, Wandavision e filmes como Mulan. Para os próximos meses o crescimento deve ser ainda maior, com a chegada de novas séries do universo Star Wars e do universo Marvel ao aplicativo.

Via Amazon
Imagem: Mika Baumeister/Unsplash/CC