Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,52
    -0,63 (-0,87%)
     
  • OURO

    1.823,90
    -37,50 (-2,01%)
     
  • BTC-USD

    38.796,09
    -1.288,69 (-3,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    964,39
    -28,08 (-2,83%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.431,07
    -5,77 (-0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.917,95
    -373,06 (-1,27%)
     
  • NASDAQ

    13.906,25
    -75,00 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0661
    +0,0041 (+0,07%)
     

Disney registra blockchain para combater pirataria de filmes e séries

·2 minuto de leitura

A Disney registrou uma nova patente para um novo sistema antipirataria chamaoa “Configuração em Blockchain para a Entrega Segura de Conteúdo” no final de abril.

Considerada uma das maiores empresas de conteúdo audiovisual do mundo, a Disney vem desenvolvendo, em parceria com a Alliance for Creativity in Entertainment (ACE), formas de combater a pirataria de seus produtos através da blockchain, segundo informações do TorrentFreak.

Conforme descrito na patente, a rede poderá ser uma grande aliada para tentar impedir essas atividades ilícitas. A patente propõe ser um sistema de distribuição de mídia baseado em blockchain, prevenindo dessa forma vazamentos de produções ainda não lançadas em cinema ou no seu serviço de streaming.

Esse tem sido um problema para companhia nos últimos anos. Um de seus filmes mais aguardados de todos os tempos, “Vingadores Ultimato”, teve cenas divulgadas sem o consentimento da empresa meses antes de seu lançamento.

Benefícios da rede blockchain

blockchain
blockchain

Mesmo já existindo regras na indústria do cinema que visam combater a pirataria, como filmes realizados em marca d’água, vazamentos ainda são frequentes.

Segundo patente, no entanto, existem diversos problemas no atual enfrentamento ao crime de pirataria, a exemplo de usar mecanismos que ajudam a rastrear um vazamento quando ele já aconteceu, em vez de evitá-lo.

A companhia afirma que a implementação da tecnologia blockchain pode trazer mais segurança a toda distribuição dos conteúdos ainda não lançados, pois todo o processo pode ser controlado de forma mais rígida.

Além disso, a tecnologia poderia rastrear o número de vezes que determinado filme foi reproduzido, evitando assim pessoas mal-intencionadas o divulguem de forma não autorizada.

A Disney não revelou demais detalhes do projeto, como data de lançamento ou a sua continuidade. Como se trata por ora apenas de um registro de patente, a companhia não necessariamente dará seguimento ao desenvolvimento. Entretanto, a intenção de utilizar a blockchain como combate à pirataria demonstra o quanto a rede que surgiu com o Bitcoin pode ser segura e útil para diversos setores da economia.

O artigo Disney registra blockchain para combater pirataria de filmes e séries foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos