Mercado abrirá em 8 h 18 min
  • BOVESPA

    116.134,46
    +6.097,67 (+5,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.429,75
    +802,95 (+1,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,78
    +0,15 (+0,18%)
     
  • OURO

    1.708,70
    +6,70 (+0,39%)
     
  • BTC-USD

    19.614,38
    +498,95 (+2,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    446,49
    +11,14 (+2,56%)
     
  • S&P500

    3.678,43
    +92,81 (+2,59%)
     
  • DOW JONES

    29.490,89
    +765,38 (+2,66%)
     
  • FTSE

    6.908,76
    +14,95 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.967,27
    +751,48 (+2,87%)
     
  • NASDAQ

    11.398,25
    +112,50 (+1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0785
    +0,0046 (+0,09%)
     

Disney quer dar benefícios para seus assinantes de streaming

Iniciativa da Disney é baseada nos benefícios dados pela Amazon Prime (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Iniciativa da Disney é baseada nos benefícios dados pela Amazon Prime (Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Ideia da empresa é oferecer descontos nos parques e produtos da marca;

  • Disney já conta com um clube de fãs, o D23;

  • Iniciativa é baseada no Amazon Prime, que oferece uma série de vantagens pra os assinantes.

Uma nova reportagem do The Wall Street Journal aponta que a Disney quer oferecer benefícios para os assinantes de sua plataforma de streaming, Disney+. As discussões ainda estão nos estágios iniciais dentro da empresa, logo ainda não há detalhes de quando o serviço seria lançado.

A iniciativa seria baseada no sistema da Amazon, que inclui no Prime os serviços de série, música, leitura e jogos, além de promoções exclusivas em produtos e frete grátis. Na adaptação aos produtos da Disney, os executivos da empresa estão pensando em oferecer descontos nos parques temáticos, resorts e produtos da marca.

O projeto já teria ganho até um apelido dentro da empresa, sendo chamado de "Disney Prime". “É uma das ideias empolgantes que estão sendo exploradas”, disse a vice-presidente e diretora de comunicações da Disney, Kristina Schake, em um comunicado oficial.

Atualmente a Disney já conta com um clube para fãs, o D23 Official Fan Club. No entanto, o projeto tem um escopo diferente, dando acesso a eventos e produtos exclusivos da marca, e conta com planos de assinatura de US$ 99,99 a US$ 129,99, ou R$ 670 na versão mais cara.

No último trimestre a plataforma de streaming da Disney ganhou um total de 14,4 milhões de assinantes, superando as expectativas e contrariando as tendências do mercado, que veem líderes como a Netflix perdendo assinantes.

A empresa afirmou também que está desenvolvendo um plano com anúncios, como forma de expandir o número de usuários da plataforma. De acordo com a empresa, todos os assinantes atuais irão passar automaticamente para o módulo com anúncios, podendo optar sair dele a partir de uma nova assinatura.