Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.721,61
    +969,81 (+2,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Disney de Paris reabre, mas sem abraços do Mickey Mouse

·1 minuto de leitura
Disneyland Paris reabre após oito meses

Por Noemie Olive e Lea Guedj

CHESSY, França (Reuters) - O parque temático Disneyland Paris foi aberto aos visitantes nesta quinta-feira, após ficar quase oito meses fechado durante a pandemia, mas seguindo as medidas de segurança para impedir a disseminação do coronavírus.

Embora os personagens favoritos da Disney - entre eles Mickey Mouse, Minnie Mouse e Pateta - estejam disponíveis como sempre para tirar fotos com os visitantes, eles estão mantendo um distanciamento.

De acordo com as novas regras do parque, "as interações próximas, incluindo abraços, estão temporariamente suspensas". Visitantes com mais de seis anos também precisam usar máscaras.

Mesmo assim, os visitantes que passavam pelos portões no momento da abertura do parque estavam em êxtase por estar lá. A estudante de 22 anos Émeline N'Zalakanda disse que o visitava várias vezes na semana antes do lockdown e estava sentindo falta da experiência.

"Eu sinto como se estivesse esperando por isso a minha vida inteira. Já se passaram meses e meses", disse ela. "É simplesmente incrível. Há tanta emoção, ver todas essas pessoas de novo."

Natacha Rafalski, CEO da Disneyland Paris, disse que a reabertura foi um divisor de águas para todo o setor de turismo e hotelaria na França, que se recupera dos impactos da pandemia.

"Todos nós esperamos impacientemente por este momento", disse ela. "Restaurantes, hotéis, parques temáticos, todos os locais de hospedagem, são essenciais para a vida da população francesa."

(Por Christian Lowe)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos