Mercado fechado

Disney não irá divulgar seus números de bilheteria enquanto durar a pandemia

Laísa Trojaike

Os tempos de pandemia não têm sido bons para a indústria do entretenimento, causando adiamentos e cancelamentos de estreias, além de baixíssimas bilheterias. A Disney, que tem tomado atitudes interessantes, como liberar seus canais na TV aberta aqui no Brasil, agora tomou outra decisão sensata: não divulgar seus números de bilheteria enquanto durarem as medidas para evitar a disseminação da COVID-19.

Embora a medida proteja a marca de ser ligada a baixos números de espectadores, também é uma atitude que parece dizer aos demais estúdios que não são tempos de competição, mas sim de união. A decisão de não divulgar os números de arrecadação doméstica e internacional inclui também as suas subsidiárias, como a 20th Century Studios e o Marvel Studios.

As maiores estreias da companhia para este ano, como Os Novos Mutantes e Viúva Negra, já tiveram suas datas de estreia adiadas por tempo indeterminado. Outros, em fase de produção, foram suspensos até que seja seguro reunir as equipes novamente.

Ao contrário de outros estúdios, que precisam recorrer a serviços de streaming e vídeo sob demanda como Amazon Prime Video, iTunes e Play Store, a Disney tem a vantagem de poder lançar seus filmes em sua própria plataforma, o Disney+, que deve chagar ao Brasil ainda este ano.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: