Mercado fechará em 1 h 11 min
  • BOVESPA

    114.082,61
    +1.800,33 (+1,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.487,82
    +149,48 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,31
    +1,08 (+1,50%)
     
  • OURO

    1.750,50
    -28,30 (-1,59%)
     
  • BTC-USD

    44.735,71
    +1.321,60 (+3,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.120,78
    +11,86 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.456,42
    +60,78 (+1,38%)
     
  • DOW JONES

    34.809,29
    +550,97 (+1,61%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.325,50
    +162,00 (+1,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2289
    +0,0201 (+0,32%)
     

Dirigentes do Fed defendem retirada de estímulos mesmo com delta

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Às vésperas do encontro anual do banco central dos EUA de Jackson Hole, dois dos integrantes de perfil mais agressivo do Federal Reserve pediram que as autoridades agissem rapidamente para reduzir as compras de ativos — apesar do riscos associados ao avanço da variante delta do coronavírus.

“Não acho que muda meu cálculo de que é hora de começar a fazer esses ajustes, considerando os ganhos que observamos até agora”, disse Esther George, comandante do escritório regional da instituição em Kansas City, em entrevista a Michael McKee, da Bloomberg TV, na noite de quarta-feira. O simpósio anual do Fed começa na sexta-feira e será realizado virtualmente pela segunda vez por causa da pandemia de Covid-19.

“Acho que é importante começar e estou aberta a ouvir debates em torno das condições de ritmo e momento para encerrar”, disse George. “Mas estou menos interessada em adiar essa decisão.”

A contraparte dela no escritório de St. Louis, James Bullard, repetiu esse recado em entrevista à CNBC na quinta-feira, acrescentando que o impacto da delta pode estar perto do pico.

“Alguns em Wall Street parecem pensar que os números estão sendo abalados pela delta”, disse Bullard. “Eu realmente não sei se já podemos dizer isso, mas haverá um pico em algum momento. O mais importante aqui é que a economia aprendeu a se adaptar à pandemia.”

George demonstra mentalidade agressiva para a política monetária há muito tempo, enquanto Bullard se mostrou mais inclinado nessa direção este ano, diante do fortalecimento do mercado de trabalho. Em 2022, ambos passarão a ter direito a voto no comitê que define a política monetária (FOMC).

O presidente do Fed, Jerome Powell, transmitiu uma postura mais paciente e dará sua opinião sobre a perspectiva monetária na sexta-feira, em discurso virtual na conferência.

George sinalizou alguma flexibilidade da parte dela sobre quando a redução deve realmente ser implementada, ao dizer que “devemos iniciar este ano para que possamos começar a reduzir a quantidade de acomodação”.

Representantes do Fed destacaram o aumento dos riscos associados à variante delta, que pode afetar o ritmo de recuperação da economia e alterar o plano do banco central de desacelerar o estímulo monetário. Outro integrante do Fed conhecido pelo perfil agressivo, o comandante do escritório regional de Dallas, Robert Kaplan, disse que estaria aberto a ajustar a defesa de uma redução rápida da compra de títulos se a delta prejudicar o andamento da economia.

“A taxa de crescimento da economia continua forte”, disse George. Sobre o risco potencial da delta, ela falou que “pode desacelerar o fluxo de retorno ao mercado de trabalho. Mas eu não espero neste momento que tire a economia dos trilhos, como vimos no ano passado, quando tivemos de lidar com o vírus pela primeira vez”.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos