Mercado fechará em 4 h 49 min
  • BOVESPA

    109.460,65
    -2.079,15 (-1,86%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.020,17
    +337,98 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,69
    +0,94 (+1,57%)
     
  • OURO

    1.709,30
    -24,30 (-1,40%)
     
  • BTC-USD

    51.062,17
    +1.997,46 (+4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.020,50
    +32,40 (+3,28%)
     
  • S&P500

    3.847,39
    -22,90 (-0,59%)
     
  • DOW JONES

    31.378,19
    -13,33 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.637,35
    +23,60 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    29.880,42
    +784,56 (+2,70%)
     
  • NIKKEI

    29.559,10
    +150,93 (+0,51%)
     
  • NASDAQ

    12.904,25
    -151,00 (-1,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,9264
    +0,0643 (+0,94%)
     

Diretoria do São Paulo se reúne para discutir demissão de Diniz

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura
Diniz viu o São Paulo perder do Atlético-GO neste domingo (Heber Gomes/Agif)
Diniz viu o São Paulo perder do Atlético-GO neste domingo (Heber Gomes/Agif)

“Insustentável”. Foi assim que um dirigente próximo ao presidente Julio Casares descreveu a situação de Fernando Diniz no São Paulo depois da derrota por 2 a 1 para o Atlético-GO, neste domingo. Foi o sétimo tropeço seguido do Tricolor, que despencou para o quarto lugar no Brasileirão e agora já corre até risco de ficar fora do G4.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Blog apurou que pelo menos duas reuniões foram marcadas para a segunda-feira, a fim de debater sobre a demissão de Fernando Diniz. Uma semana atrás, Casares esteve propenso a dispensar o treinador, mas acabou desistindo da ideia por não encontrar um substituto no mercado.

Leia também:

Agora, diante da pressão de todos os lados, o São Paulo cogita demitir Diniz mesmo que tenha de colocar um técnico interino nas cinco rodadas que restam. Inclusive, Casares desmarcou toda sua agenda de compromissos no São Paulo para se dedicar exclusivamente à definição do treinador.

Não está descartada também a saída de Raí ao longo da segunda-feira. O diretor-executivo de futebol já sabe que não ficará para o restante do ano - seu vínculo foi prorrogado apenas até o fim de fevereiro, mas conselheiros, diretores e torcedores também querem o antigo ídolo fora do Morumbi agora.

Vale lembrar que o São Paulo só somou dois dos últimos 18 pontos disputados no Brasileirão. Antes, já havia sido eliminado na semifinal da Copa do Brasil pelo Grêmio, em pleno Morumbi.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos