Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.830,81
    -437,85 (-1,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Diretoria da Petrobras aprova ampliação de prazos para venda de refinarias e Gaspetro

·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A diretoria da Petrobras aprovou nesta terça-feira a celebração de aditivos a termos de compromisso junto ao órgão antitruste Cade que amplia prazos para a venda de refinarias e ativos de gás, segundo comunicado publicado ao mercado pela petroleira estatal.

Os desenvestimentos fazem parte de obrigações assumidas pela companhia em acordos firmados com a autarquia, que têm como objetivo atrair novos investidores e estimular a concorrência nos mercados de refino e gás natural.

No novo cronograma, a Petrobras terá até 31 de julho para vender a Refinaria Isaac Sabbá (Reman), Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor) e Refinaria Alberto Pasqualini (Refap).

Já os ativos Unidade de Industrialização de Xisto (SIX), Refinaria Gabriel Passos (Regap) e Refinaria Abreu e Lima (Rnest) devem ser vendidos até 30 de outubro. A Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) terá até o fim do ano.

Para a venda da Gaspetro, que detém diversas distribuidoras de gás estaduais, a empresa terá até 30 de junho.

Pelo acerto original, a Petrobras deveria vender refinarias e sua participação na Gaspetro até o final do ano passado.

Ao anunciar a ampliação dos prazos, no mês passado, o Cade informou que o prazo para a conclusão e efetivação das vendas permaneceria o mesmo para todas as operações: 31 de dezembro de 2021. No comunicado desta terça-feira, a Petrobras não detalhou esse ponto.

(Por Marta Nogueira)