Mercado abrirá em 7 h 4 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,37
    +0,09 (+0,14%)
     
  • OURO

    1.829,40
    -6,70 (-0,36%)
     
  • BTC-USD

    57.193,97
    +2.124,12 (+3,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.552,35
    +1.309,67 (+539,67%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.056,16
    +42,35 (+0,15%)
     
  • NIKKEI

    28.210,66
    -397,93 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    13.263,50
    -82,50 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3332
    -0,0122 (-0,19%)
     

Diretora-geral da OMC nomeia seus quatro adjuntos

·1 minuto de leitura
A nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala, a diretora da Organização Mundial do Comércio

A diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) nomeou nesta terça-feira (4) seus quatro diretores auxiliares, dois deles mulheres.

A Dra. Ngozi Okonjo Iweala, a primeira mulher a liderar a instituição com sede em Genebra, escolheu a americana Angela Ellard e a costarriquenha Anabel González como assistentes, bem como o diplomata francês Jean Marie Paugam e o chinês Xiangchen Zhang, recentemente nomeado vice-ministro do Comércio, segundo uma declaração.

"É a primeira vez na história da nossa organização que metade dos diretores-gerais-adjuntos são mulheres. Isso ressalta meu compromisso em fortalecer nossa organização com líderes talentosos e, ao mesmo tempo, alcançar o equilíbrio de gênero na direção", destacou Okonjo Iweala.

Anabel González foi ministra do Comércio Exterior da Costa Rica e também trabalhou no Banco Mundial e na OMC, onde foi diretora do departamento de Agricultura e Matérias-Primas.

Angela Ellard passou a maior parte de sua carreira no Congresso dos Estados Unidos como conselheira. "A sra. Ellard negociou e concluiu importantes documentos e leis bipartidários por mais de 25 anos com membros do Congresso e funcionários dos governos Trump, Obama, Bush e Clinton", sublinha a OMC em sua declaração.

Jean Marie Paugam é atualmente o representante permanente da França na OMC. Paugam "adquiriu um conhecimento profundo e prático dos vínculos entre governo e comércio e tem experiência em diálogos de alto nível sobre comércio internacional e operações econômicas", destaca a OMC.

Xiangchen Zhang também foi representante permanente de seu país na OMC até o final de 2020 e tem uma carreira de 30 anos dedicada ao comércio internacional.

vog/rjm/eb/cco/mab/mb/mr