Mercado fechado

Diretor de produtos da Uber deixa o cargo e explica seus motivos

Claudio Yuge

O diretor de produtos da Uber, Manik Gupta, um dos responsáveis por enxugar a folha salarial e organizar cargos que estavam duplicados na companhia nos últimos anos, deixou a empresa. Em carta aberta, ele afirmou que seu último dia de trabalho será no dia 13 e explicou que a saída se deve ao cansaço e à vontade de se dedicar mais à família.

“O final de novembro marca meus quatro anos na Uber e, como planejamos nossa estratégia para o próximo ano, tenho feito meu próprio planejamento pessoal para 2020. Tive algumas discussões com Dara (Khosrowshahi, CEO da empresa) e com minha família. Agora que concluímos o IPO (abertura das ações na Bolsa de Valores) e um ano importante para a empresa, tomei a difícil decisão de deixar a Uber”, afirma.

Gupta estaria mirando outros desafios, mas, antes de mais nada, seu desejo é passar mais tempo com o filho. “Quanto ao que está por vir para mim, você só tem alguns momentos em sua vida para fazer uma pausa e, com as férias chegando e antes que meu filho comece o ensino médio no meio do próximo ano, pretendo passar algum tempo de qualidade com a família e recarregar as energias, antes da minha próxima aventura”, complementou.

Gupta deixou o Google para ir para a Uber em 2015

Antes funcionário do Google, Gupta ingressou na Uber em 2015 como diretor sênior da equipe de mapas e produtos de mercado. Em novembro de 2018, foi promovido a diretor de produtos. Como ainda não há um substituto imediato, ele deve ajudar na transição.

Gupta ajudar a implementar o Uber Rewards e outros produtos (Imagem: Reprodução/Uber)

Nos últimos quatro anos, ele alinhou estratégia para lançar o Uber Rewards, o Uber Pro, o Uber Money e o Uber Wallet, criando um ecossistema a partir do app principal. Em um ano em que a empresa enxugou a folha salarial demitindo mil funcionários nos setores de marketing, engenharia, produtos, Eats, entre outros, Gupta identificou cargos duplicados e sobrepostos — houve 170 desligamentos por conta dessa varredura.

Coincidência ou não, sua saída ocorre logo após a Uber registrar perdas de mais de US$ 1 bilhão em seu último relatório de receita. Atualmente, as ações da Uber estão sendo negociadas a US$ 26,75.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: