Mercado fechará em 2 h 3 min
  • BOVESPA

    107.047,18
    +800,03 (+0,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.002,21
    +608,18 (+1,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,93
    +1,34 (+1,22%)
     
  • OURO

    1.839,90
    +24,00 (+1,32%)
     
  • BTC-USD

    30.104,14
    +1.126,09 (+3,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    669,13
    +16,90 (+2,59%)
     
  • S&P500

    3.926,23
    +2,55 (+0,06%)
     
  • DOW JONES

    31.418,15
    -71,92 (-0,23%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.891,00
    -44,50 (-0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1781
    -0,0402 (-0,77%)
     

Diretor da Apple se demite por discordar da volta ao trabalho presencial

O diretor de aprendizado de máquina da Apple, Ian Goodfellow, se demitiu do cargo após mais de quatro anos na empresa, de acordo com Zoë Schiffer, jornalista do portal The Verge. O motivo teria sido a volta das equipes da Apple ao trabalho presencial.

Goodfellow — que no passado foi um dos principais funcionários de inteligência artificial do Google — deu a notícia aos seus funcionários em um e-mail, em que também disse que não concordava com a política de volta ao presencial da Apple. A empresa exigiu que os profissionais trabalhassem no escritório pelo menos um dia por semana até 11 de abril, pelo menos dois dias por semana até 2 de maio, e pelo menos três dias por semana até 23 de maio.

Alguns funcionários de diversas big techs estão insatisfeitos com o plano de voltar ao trabalho pessoal após dois anos se acostumando com o modelo remoto, que surgiu como medida preventva de contágio contra a covid. "Acredito fortemente que mais flexibilidade teria sido a melhor política para minha equipe", disse Goodfellow no e-mail.

O CEO da Apple, <a class="link " href="https://canaltech.com.br/celebridade/tim-cook/" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Tim Cook">Tim Cook</a>, soube que funcionários estão insatisfeitos com a volta ao trabalho presencial (Imagem: Reprodução/Apple)
O CEO da Apple, Tim Cook, soube que funcionários estão insatisfeitos com a volta ao trabalho presencial (Imagem: Reprodução/Apple)

De acordo com o Macrumors, um grupo de funcionários disse o seguinte, em uma carta ao CEO da Apple, Tim Cook: "Sem a inclusividade que a flexibilidade traz, muitos de nós sentimos que temos que escolher entre uma combinação que inclui nossas famílias, nosso bem-estar e sermos capacitados para fazer nosso melhor trabalho, ou fazer parte da Apple. Esta é uma decisão que nenhum de nós toma de forma leve, e uma decisão que muitos preferem não ter que tomar."

Mais de 78,27% dos profissionais que atuam na área de tecnologia da informação (TI) preferem manter o trabalho remoto após a pandemia. A conclusão é de uma pesquisa da plataforma de recrutamento GeekHunter.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos