Mercado abrirá em 3 h 54 min

Dinossauro-pássaro que viveu há 90 milhões de anos é descoberto na Patagônia

Natalie Rosa

Uma nova espécie de dinossauro foi encontrada na Patagônia, região compartilhada entre a Argentina e Chile, e se trata de uma criatura semelhante a um pássaro que viveu na Terra há cerca de 90 milhões de anos, durante o período Cretáceo.

O Overoraptor chimentoi, nome científico do dinossauro, era um terópode, ou seja, que andava sobre os dois pés, medindo 1,3 metro de comprimento. A criatura contava ainda com braços longos e pernas adaptadas para a corrida, além de garras no formato de foices, assim como as do segundo dedo do pé do Velociraptor.

Ilustração: Gabriel Lio

Os restos fósseis do Overoraptor chimentoi foram encontrados nos leitos da formação Huincul em Rio Negro, Província da Patagônia. Fernando Novas, do CONICET e do Museu de Ciências Naturais da Argentina, e um dos autores do estudo, conta que suas características o diferem dos terópodes Unenlagia e dos Velociraptors.

"Analisando seus braços, encontramos características aviárias relacionadas ao voo. Isso nos leva a considerar que, em uma árvore filogenética, o Overoraptor chimentoi está mais próximo aos pássaros do que muitos raptors que já conhecemos", conta o pesquisador, acrescentando ainda que a função do dinossauro de dobrar as asas seja diferente das aves atuais, uma vez que se trata de uma criatura que corre.

"É possível que os braços do dinossauro tinham o papel de garantir o seu equilíbrio durante uma corrida, proporcionando maior precisão, devido à possibilidade de movê-los de uma maneira consistente, como acontece em pássaros que correm, como ema ou avestruz", completa Novas. Em relação aos ossos do braço, o cientista diz que a ulna (osso do antebraço) é o que o torna mais semelhante às asas de pássaros do que de outros dinossauros.

Elementos esqueléticos da descoberta (Imagem: Matias Motta)

Os cientistas descobriram ainda que o Overoraptor cimentoi é um parente muito próximo do Rahonavis, dinossauro do Cretácio Superior, há 70 milhões de anos, que viveu onde, hoje, é Madagascar.

O estudo completo sobre a descoberta pode ser conferido online.

Fonte: Canaltech