Mercado fechado

Diniz diz que Vasco não esteve bem e lamenta gols do Náutico em jogadas aéreas: 'Nos custou os três pontos'

·2 min de leitura


O Vasco empatou com o Náutico por 2 a 2 e perdeu a chance de colar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe saiu na frente, mas cedeu o empate novamente com gols na bola aérea. Em entrevista de coletiva, Fernando Diniz disse que a equipe não teve um bom desempenho, mas o empate saiu como um "sabor amargo", já que chegaram a fazer 2 a 0.


- Eu acho que é um sabor amargo porque a gente saiu vencendo por 2 a 0 e tomamos gols na jogada que mais tínhamos treinado para evitar, que era a jogada aérea, tanto parada quanto em movimento. Obviamente que a equipe não fez das melhores atuações, já não foi dos primeiros tempos dos melhores. No segundo, estivemos abaixo. Em termos de performance, não estivemos bem. Quando você abre 2 a 0 no placar, a gente tinha totais condições de evitar. Depois tivemos chance com Cano e Walber, mas não foi um dos nossos melhores jogos - analisou Diniz

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Durante boa parte da partida, o Timbu explorou as jogadas aéreas e deu trabalho para a defesa do Gigante da Colina. Tanto que os dois gols foram marcados de cabeça, lances que tem atormentado a equipe desde o início da temporada e também com os treinadores anteriores (Marcelo Cabo e Lisca).

- A maioria das bolas aéreas são em jogadas de escanteio. Foi assim também contra o Coritiba. Nos dois jogos levamos vantagens na maioria das bolas aéreas. O que tem que fazer é treinar e minimizar a chance do adversário. Acho que o principal problema no gol de hoje foi na origem. Deixamos de fazer uma falta no meio de campo, para fazer uma falta em uma região mais perigosa. Esse foi o primeiro erro - disse, e emendou:

- O segundo foi que eles fizeram uma movimentação trazendo jogadores mais altos para o segundo pau e nós ficamos de uma maneira mais estática. Querendo que a bola fosse onde estávamos posicionados. Teria como evitar o gol, é algo que a gente havia conversado. Mas é continuar treinando. Não tem outra escapatória. Acho que temos evoluído nesta questão. Tem tido muita bola parada contra a gente e nós estamos evoluindo neste sentido. Hoje tomamos o gol que nos custou os três pontos - explicou.

+ ATUAÇÕES: Nenê tem dia inspirado e recebe a melhor nota; Morato deixa a desejar em empate do Vasco

O próximo compromisso do Cruz-Maltino será na sexta-feira, dia 29, às 21h30, contra o CSA, em São Januário. A partida será válida pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos