Mercado fechado

Dilma estuda processar passageiro que a fotografou dormindo em voo para os Emirados Árabes

Dilma é fotografada durante voo para Dubai - Foto: Reprodução/Redes Sociais

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) estuda processar o passageiro que a fotografou dormindo na classe Executiva de um voo da Emirates. As informações são da jornalista Denise Rothenburg em seu blog no Correio Braziliense.

A imagem passou a ser compartilhada nas redes sociais com acusações de uso de dinheiro público para a compra da passagem aérea.

Leia também

José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça, deve ser o responsável pelo caso. De acordo com a jornalista, amigos de Dilma têm batido na tecla de que é necessário dar uma lição em todos que divulgam imagens e informações falsas sobre pessoas públicas, sejam elas quem forem, sem checar de forma devida.

Dilma estava na classe executiva, e não na primeira classe, conforme constava no post que viralizou nas redes sociais. A ex-presidente confirmou que estava viajando para os Emirados Árabes no dia 14 de novembro de 2019. Ela afirma que todas as despesas da viagem foram pagas pelos organizadores do evento.

Ainda de acordo com Dilma, ela foi convidada pelo Sultan bin Muhammad bin Saqr Al-Qasim para o lançamento do grupo de trabalho Rights of Future Generations.