Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.396,83
    +2.003,37 (+5,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Dificuldade de mineração de Bitcoin afunda 28% após medidas na China

·2 minuto de leitura

A dificuldade de mineração do Bitcoin registrou sua maior queda da história, com recuo de 28%.

De acordo com a casa de análise de mercado on-chain Glassnode, o declínio de 28% é o maior ajuste da história do Bitcoin. A última queda leva a taxa de hash total do Bitcoin para cerca de 87,6 TH/s. A queda significa que a taxa total de hash está agora em uma mínima de 19 meses – a última vez que a taxa foi tão baixa foi em dezembro de 2019.

Na semana passada, a taxa total de hash atingiu uma nova mínima anual, atingindo 101,9 TH/s. No entanto, a taxa continuou a cair, seguida do enorme ajuste de 28% que reduziu drasticamente a hash rate do BTC.

China

O analista Willy Woo comentou sobre o ajuste recente e relacionou a mair queda da história à “capitulação da mineração”. Woo também atribuiu à China a tendência de queda contínua na taxa de hash da mineração.

O país tem tomado medidas extremas para se livrar das operações de mineração de Bitcoin no país. A proibição da mineração viu um êxodo de empresas de mineração se mudarem para o exterior ou fecharem completamente, já que a China concentra suas atenções na sua moeda digital de banco central (CBDC).

Taxa de inflação do Bitcoin atinge o nível mais baixo da história

A Glassnode também apontou que a taxa de inflação do Bitcoin atingiu recentemente 0,71%, a menor taxa de inflação da história da criptomoeda. O recorde seria atribuído ao declínio na potência da taxa de hash, já que os blocos estão sendo extraídos mais lentamente à medida que grandes volumes de poder computacional saem da rede.

Os mineradores de Bitcoin estão procurando novos locais para continuar as operações de mineração. Os EUA e o Cazaquistão parecem ser os locais mais favoráveis ​​para os mineradores vindos da China.

Fazendas de mineração já começaram a se mudar para o Cazaquistão, país que recentemente anunciou novas sobretaxas de eletricidade para os novos mineradores.

O Texas também parece ser um local chave para as mineradoras que desejam continuar suas operações. O estado americano oferece preços baixos de eletricidade com uma perspectiva pró-criptomoedas, algo que pode beneficiar novas operações de mineração no futuro.

O artigo Dificuldade de mineração de Bitcoin afunda 28% após medidas na China foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos