Mercado abrirá em 9 h 28 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,36
    +0,06 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.752,40
    +2,60 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    44.557,50
    +416,95 (+0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.114,18
    +5,26 (+0,47%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.482,66
    -28,32 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    30.200,89
    +561,49 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    15.285,75
    -17,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2254
    +0,0004 (+0,01%)
     

Diferença em taxa de vacinação na UE deixa leste pobre para trás

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A União Europeia comemorou esta semana o importante marco de 70% da população com imunização completa. Mas, no país mais pobre do bloco, a taxa não chega a 25%.Os números na Bulgária se destacam como extremos, mas também capturam uma divisão leste-oeste que piorou nos últimos meses. A Bulgária imunizou totalmente apenas 20% dos adultos contra a Covid-19, enquanto na vizinha Romênia, a taxa é de 32%. Alemanha, França, Países Baixos, Espanha e Irlanda, em comparação, estão todos acima de 70%.

A maior diferença é parcialmente explicada por campanhas mais incisivas - e às vezes polêmicas - em países da Europa Ocidental, especialmente França, que impulsionaram a vacinação. Mas também reflete percepções de corrupção e uma desconfiança profundamente arraigada nas autoridades em alguns países do Leste Europeu, bem como a preocupação com a segurança das vacinas.Cerca de 23% dos búlgaros não querem ser vacinados, em comparação com uma média de 9% na UE, de acordo com a pesquisa Eurobarômetro publicada em junho. A confiança no governo está entre as mais baixas do bloco.

Se a baixa imunização na Romênia e na Bulgária levar a um novo pico de casos de Covid-19, isso terá impactos econômicos, sobrecarregando os recursos hospitalares, prejudicando empresas e minando a capacidade de atrair turistas tão necessários para os resorts do Mar Negro.

A taxa de casos de coronavírus em 14 dias na Bulgária é de cerca de 190 por 100 mil pessoas, um pouco abaixo da média da UE. Mas o índice de mortalidade está acima de 30 por 100 mil, de acordo com o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças, mais do que o triplo do número da UE.

A diferença na taxa de vacinação entre leste e oeste é uma das muitas maneiras pelas quais a pandemia dividiu a Europa. Também houve divisões entre riqueza e faixas etárias, todas as quais, de acordo com o Conselho Europeu de Relações Exteriores, “assombrarão o continente por muitos anos”.

“À medida que a Europa começa a lidar com as consequências de longo prazo da pandemia, essas divisões em experiências se transformarão de uma divisão silenciosa em um grande cisma”, disse o Conselho em relatório esta semana. “Isso pode ter implicações profundas para alguns dos maiores projetos da Europa”, incluindo a liberdade de movimento e o plano de recuperação de bilhões de euros do bloco.

Embora a taxa de vacinação seja melhor na Eslováquia, Croácia e Eslovênia - cerca de 50% -, os três países ainda estão abaixo da média da UE. A Hungria tem um desempenho regional superior, com 65%.

Na quinta-feira, a Bulgária anunciou restrições para bares e restaurantes para tentar limitar a propagação do coronavírus. Mas, apesar do aumento das hospitalizações e mortes, o primeiro-ministro Stefan Yanev descartou obrigar a vacinação.

“É direito de todos decidir como administrar sua vida pessoal e sua saúde pessoal”, disse Yanev esta semana.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos