Mercado fechado
  • BOVESPA

    93.952,40
    -2.629,76 (-2,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.987,86
    +186,49 (+0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,72
    -0,45 (-1,24%)
     
  • OURO

    1.878,80
    +10,80 (+0,58%)
     
  • BTC-USD

    13.554,85
    +256,00 (+1,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    264,85
    +1,21 (+0,46%)
     
  • S&P500

    3.269,96
    -40,15 (-1,21%)
     
  • DOW JONES

    26.501,60
    -157,51 (-0,59%)
     
  • FTSE

    5.577,27
    -4,48 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    24.107,42
    -479,18 (-1,95%)
     
  • NIKKEI

    22.977,13
    -354,81 (-1,52%)
     
  • NASDAQ

    11.089,00
    -253,75 (-2,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0584 (-0,87%)
     

Diagnóstico de Covid de Trump abala Casa Branca e campanha

Jennifer Jacobs e Jordan Fabian
·3 minutos de leitura

(Bloomberg) -- O diagnóstico de coronavírus do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sacudiu Washington na sexta-feira e aumentou o caos de um ano eleitoral já frenético a um mês das eleições.

O presidente apresenta sintomas leves e trabalha na residência da Casa Branca, disse o chefe de gabinete Mark Meadows a repórteres na sexta-feira, acrescentando que Trump “continuará no posto”.

A notícia do teste positivo de Trump atingiu todos os cantos da capital e levantou questões sobre a audiência de confirmação de sua indicada à Suprema Corte, Amy Coney Barrett, se a Casa Branca e os democratas podem alcançar um acordo sobre o pacote de estímulo e até mesmo se um segundo debate presidencial ocorrerá em 15 de outubro.

Ao mesmo tempo, autoridades da Casa Branca e do Congresso que estiveram com Trump, com a primeira-dama Melania Trump e seus contatos avaliam se também precisam ser testados para o vírus que matou mais de 200 mil pessoas nos EUA.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, testaram negativo na sexta-feira, disseram seus porta-vozes. Jared Kushner, genro e assessor sênior de Trump, e Ivanka Trump, filha do presidente, além de Meadows também testaram negativo na sexta-feira.

Meadows, em conversa com repórteres na sexta-feira na Casa Branca, disse que toda a equipe principal foi testada e “outras pessoas na Casa Branca certamente terão resultado positivo”.

Trump foi testado e recebeu o diagnóstico após uma de suas assessoras mais próximas, Hope Hicks, ter dado positivo para a Covid-19. Ronna McDaniel, presidente do Comitê Nacional Republicano, também testou positivo na quarta-feira. Ela esteve pela última vez com Trump na sexta-feira passada.

Assessores da campanha de Biden - que dividiu o palco na terça-feira com Trump no debate em Cleveland, onde poucos na comitiva do presidente usavam máscaras - souberam da exposição de Trump apenas pela mídia, disse uma pessoa a par do assunto. Biden testou negativo para o vírus na sexta-feira.

Apenas um pequeno círculo de pessoas sabia que Hicks havia testado positivo, e a equipe sênior esperava manter a informação sob sigilo, disseram duas pessoas. A secretária de imprensa Kayleigh McEnany realizou uma conferência com repórteres da Casa Branca na quinta-feira, mas pessoas próximas disseram que ela não sabia do teste positivo de Hicks.

Se Trump ficar incapacitado, a 25ª Emenda da Constituição dos EUA, que permite que o vice-presidente assuma o poder, poderia ser aplicada. Mas, por enquanto, o presidente pode descansar e trabalhar na residência da Casa Branca, disseram pessoas a par do assunto.

Barrett, que esteve com o presidente no sábado em uma cerimônia na Casa Branca para sua indicação, deu negativo, disse uma pessoa. Um porta-voz do Comitê Judiciário do Senado disse que sua audiência de confirmação continua no cronograma.

Trump também se une a outros líderes mundiais que testaram positivo para o vírus, como o presidente Jair Bolsonaro, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e o presidente hondurenho, Juan Orlando Hernández. Todos se recuperaram, embora Johnson tenha ficado gravemente doente.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.