Mercado fechará em 42 mins
  • BOVESPA

    130.004,00
    +562,97 (+0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.143,73
    -142,73 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,93
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.866,60
    -13,00 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    39.489,89
    +2.091,79 (+5,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    987,16
    +18,32 (+1,89%)
     
  • S&P500

    4.237,49
    -9,95 (-0,23%)
     
  • DOW JONES

    34.265,28
    -214,32 (-0,62%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.060,00
    +65,75 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1450
    -0,0476 (-0,77%)
     

Diabetes: aplicativo gratuito ajuda a controlar nível glicêmico

·1 minuto de leitura
Diabetes: aplicativo gratuito ajuda a controlar nível glicêmico
Diabetes: aplicativo gratuito ajuda a controlar nível glicêmico

Quem tem diabetes ou conhece alguém que convive com a doença sabe como é difícil manter a taxa glicêmica controlada. A hiperglicemia – quando o nível está muito alto – e a hipoglicemia – quando está muito baixo – são problemas constantes na rotina dos diabéticos.

Para ajudar os pacientes nessa difícil tarefa, existe um aplicativo gratuito. Estamos falando do Glic, que colhe os registros diários de glicemia, medicamentos e alimentação, e faz a conexão com uma equipe médica parceira da plataforma.

Claudia Granha Labate e o marido, Gabriel Schon Moreira, são os CEOs do Glic. Ela descobriu que tinha a doença aos 10 anos e viu na própria experiência uma oportunidade para ajudar outras pessoas.

A plataforma oferece uma tabela nutricional com mais de 1.500 alimentos para contagem de carboidratos e faz o acompanhamento do uso de medicamentos, além do cálculo da dose de insulina a ser aplicada, considerando a ingestão de gordura relatada pelo usuário.

O Glic ainda gera relatórios e gráficos do tratamento. O sistema usa como base a orientação médica recebida pelo paciente para ajustar o tratamento no dia a dia.

Além dos pacientes, médicos e nutricionistas podem se cadastrar para oferecer suporte aos usuários a distância e em tempo real. Para manter a plataforma no ar, sem custos, o Glic conta com parcerias.

Segundo Claudia, a participação de vários profissionais no projeto possibilita não só melhorar a qualidade de vida do portador de diabetes, mas também faz com que os pacientes conheçam e entendam melhor a doença.

O aplicativo Glic está disponível para dispositivos Android e iOS. O cadastro também pode ser feito pelo site gliconline.net.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!