Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.718,96
    +1.037,23 (+3,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Dia do Rock: dez filmes em que a música é protagonista

·5 minuto de leitura
Dia do Rock: dez filmes em que a música é protagonista
Dia do Rock: dez filmes em que a música é protagonista

Já que hoje é Dia do Rock, que tal entrar no clima (ou melhor, no ritmo) e assistir a um filme embalado pela música? Aproveitando a data, preparamos uma lista com dez produções que, de alguma maneira, têm relação com o rock ou com algumas figuras essenciais para o gênero musical, no Brasil e no mundo. Confira os títulos, que estão disponíveis nas principais plataformas de streaming.

Leia mais:

‘Escola de Rock’ (disponível na Netflix)

‘Escola de Rock’ é um dos melhores trabalhos de Jack Black. Crédito: Paramount Pictures/Divulgação
‘Escola de Rock’ é um dos melhores trabalhos de Jack Black. Crédito: Paramount Pictures/Divulgação

Talvez não seja recomendação das mais originais, porém ‘Escola de Rock’ merece sempre uma recomendação. A comédia musical de Richard Linklater (‘Antes do Amanhecer’) tem Jack Black no papel de um músico fracassado que, após ser expulso de sua banca, consegue assumir o posto de professor de música para uma turma de crianças. Black, que além de ator é músico da divertida banda Tenacious D, empolga com sua atuação enérgica e amalucada.

‘Loki’ (Now)

‘Loki’ resgata trajetória de Arnaldo Baptista, integrante original da banda Os Mutantes, formada com Rita Lee e Sérgio Dias. Crédito: Canal Brasil/Divulgação
‘Loki’ resgata trajetória de Arnaldo Baptista, integrante original da banda Os Mutantes, formada com Rita Lee e Sérgio Dias. Crédito: Canal Brasil/Divulgação

Não é sobre o Deus da Trapaça da mitologia nórdica, mas é um documentário a respeito da trajetória de Arnaldo Baptista, o fundador de Os Mutantes. Uma das melhores obras a se debruçar no rock brasileiro, o filme de Paulo Henrique Fontenelle – que também dirigiu ‘Cássia’, sobre Cássia Elle -, é um retrato sensível de um grande e artista.

‘Minha Fama de Mau’ (Telecine Play)

Não dá para falar de rock nacional sem mencionar a Jovem Guarda. E ‘Minha Fama de Mau’ acompanha esse movimento musical ao retratar a juventude de Erasmo Carlos (Chay Suede). E, claro, o filme de Lui Farias mostra a parceria do gigante do rock com Roberto Carlos (Gabriel Leone), além da amizade com Wanderléa (Malu Rodrigues). Repleto de sequências musicais, é ideal para cantarolar enquanto se assiste.

‘O Garoto de Liverpool’ (Prime)

Imagem mostra Paul McCartney (Thomas Brodie-Sangster) e John Lennon (Aaron Taylor-Johnson) empunhando seus instrumentos durante apresentação musical.
Filme mostra primeiro encontro entre Paul McCartney (Thomas Brodie-Sangster) e John Lennon (Aaron Taylor-Johnson). Crédito: Ecosse Films/Divulgação

Cinebiografia competente dirigida por Sam Taylor-Johnson, ‘O Garoto de Liverpool’ se volta para a juventude de John Lennon (Aaron Taylor-Johnson). Para fãs dos Beatles, a história não traz grandes surpresas. Mas mesmo quem já conhece um pouco sobre a infância e adolescência do músico pode se emocionar ao ver esse período da vida de Lennon retratado nas telas.

‘O Som do Silêncio’ (Prime Video)

Talvez estejamos roubando ao colocar na lista um filme em que o silêncio tem mais importância do que a música. Porém, o protagonista da história, Ruben (Riz Ahmed) é o baterista de uma banda de metal/noise que, de maneira abrupta, começa a perder a audição. Dirigido e coescrito por Darius Marder, o longa explora bastante ruídos, sons – e também a ausência deles – para criar uma atmosfera angustiante.

Prisioneiro do Rock’n’Roll‘ (Google Play, Apple TV)

Elvis dança em cena do filme, com outros atores acompanhando ao fundo.
‘Prisioneiro do Rock’n’Roll’ foi o terceiro filme da carreira de Elvis. Crédito: MGM/Divulgação

Não raro, os filmes com Elvis Presley não passam de aventuras bobas que se apoiavam na popularidade do artista para vender ingressos. ‘Prisioneiro do Rock’n’Roll’, porém, oferece um pouco mais ao tentar retratar um pouco da efervescência do gênero musical dos EUA nos anos 50. No filme de Richard Thorpe, Elvis é Vince, um jovem trabalhador que se envolve em uma briga de bar e termina preso. Na cadeia, ele aprende a tocar violão e descobre sua vocação musical.

‘Rocketman’ – (Telecine Play)

Fugindo de um problema recorrente em cinebiografias, ‘Rocketman’ não se limita a ser uma obra elogiosa sobre seu protagonista. Em atuação convincente, Taron Egerton revela um Elton John cheio de imperfeições, mas também brilhante e talentoso. Comandado por Dexter Fletcher, o filme se descola do realismo e inclui passagens que se aproximam mais do gênero musical.

Quase Famosos’ (Paramount+)

Filme retrata bem a atmosfera de excessos dos astros do rock nos anos 1970. Crédito: Paramount/Divulgação
Filme retrata bem a atmosfera de excessos dos astros do rock nos anos 1970. Crédito: Paramount/Divulgação

Com ‘Quase Famosos’, o diretor e roteirista Cameron Crowe (‘Jerry Maguire’) fez uma ficção autobiográfica em que relata um pouco das experiências como repórter musical na juventude. O filme acompanha Patrick Fugit (William Miller), um garoto de 15 anos que arruma trabalho na célebre revista Rolling Stone e tem como tarefa acompanhar a turnê de uma grande banda de rock nos anos 1970. Trilha sonora caprichada, ótima reconstituição da época e elenco afiado são marcas dessa produção.

‘The Beach Boys: Uma História de Sucesso’ (Google Play, Apple TV)

Paul Dano como Brian Wilson em cena do filme.
Enquanto John Cusack não se sai tão bem no filme, Paul Dano na performance como Brian Wilson. Crédito: Sony Pictures/Divulgação

O título nacional engana. Na verdade, o filme é sobre Brian Wilson, principal mente criativa dos Beach Boys. O longa de Bill Pohlad abarca duas fases da vida do músico, nos anos 60, quando está lançando o sucesso ‘Pet Sounds’ e nos anos 1980, quando ele está atravessando um período de grande vulnerabilidade emocional. No primeiro período, ele é interpretado por Paul Dano e, na segunda fase, por John Cusack.

‘Yesterday’ (‘Prime Video’)

Não é por acaso que a famosa canção dos Beatles está no título. O longa dirigido por Danny Boyle (‘Trainspotting’) imagina uma realidade que subitamente apagou qualquer evidência da existência da banda inglesa. Ninguém lembra do quarteto britânico, exceto por um músico (Himesh Patel) que vira um sucesso repentino ao cantar os hits dos Beatles, que todos imaginam ser de sua autoria.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos