Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.466,50
    -118,38 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Dia dos pais: metade dos brasileiros não pretendem comprar presente

·1 minuto de leitura
Closeup - Woman holding sale shopping bags. Consumerism, shopping, lifestyle concept
Roupas, perfume e celulares são alguns dos itens citados pelos entrevistados que pretendem comorar presentes (Getty Image)
  • Pesquisa revela que pelo menos 48,4% dos brasileiros não têm a intenção de comprar presente

  • Produtos mais caros serão comprados a partir de parcelamentos

  • Roupas continuam liderando a preferencia

Pelo menos metade dos brasileiros visitarão os pais de mãos vazias neste domingo. Uma pesquisa encomendada pela Associação Comercial de São Paulo mostrou que 48,4% dos consumidores não planejam comprar um presente para o Dia dos Pais este ano.

Leia também:

Dos entrevistados pelo levantamento, 32,2% disseram que têm a intenção de presentear os pais, enquanto 19,4% ainda não tomaram a decisão.

Entre os que pretendem comprar algo, 42,1% disseram que pretende adquirir roupas. No ano anterior, a intenção era de 60%. Perfumes, relógios e almoços em restaurantes também lideram a preferência, enquanto celular e caneca representam apenas 14% cada.

Em itens de maior valor, os compradores pretendiam parcelar a compra no cartão de crédito. Nos produtos mais baratos, os entrevistados tinham a intenção de utilizar o pagamento à vista. Dos presentes de maior valor, o celular é o campeão em parcelamentos, com 74,5% de pretensão de compra à prazo.

Vale lembrar que a movimentação de vendas para o Dia dos Pais é historicamente baixa. Em 2020, em 76% das lojas diminuiu o faturamento na data comemorativa em comparação com a mesma data no ano anterior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos