Mercado abrirá em 7 h 26 min
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,68
    +0,29 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.815,20
    +15,50 (+0,86%)
     
  • BTC-USD

    39.803,08
    -199,11 (-0,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    933,97
    +4,04 (+0,43%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    26.255,74
    +781,86 (+3,07%)
     
  • NIKKEI

    27.767,69
    +186,03 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    14.979,25
    -32,25 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0730
    +0,0145 (+0,24%)
     

Dia dos Namorados: Procon dá dicas para evitar problemas com compras online

·2 minuto de leitura
Close up of a young couple doing online Christmas shopping
Antes de comprar o presente do seu amado, Procon-SP recomenda checar reputação do site e fazer pesquisa de preços
  • Dia dos Namorados é uma das datas comemorativas que mais movimentam o comércio

  • Procon-SP indica cuidados para quem vai comprar pela internet

  • Cerca de 49% das reclamações registradas de janeiro a abril foram por problemas com e-commerce

Com a pandemia da covid-19, as compras online aumentaram e o número de reclamações disparou: 49% das queixas ao Procon-SP no primeiro quadrimestre foram devido a problemas compras em e-commerce. Como a o Dia dos Namorados, uma das datas que mais movimentam o comércio, é neste fim de semana, o órgão dá dicas para o consumidor redobrar cuidado. 

Leia também:

Entre janeiro e abril, o assunto mais reclamado foi a demora ou a não entrega do produto, com 18 mil queixas. Além disso, consumidores também se queixaram de cobrança indevida (9.872); produtos entregues com problemas (4.587), problemas com contrato, pedido ou orçamento (4.509) e serviço não fornecido (2.750). 

No ano passado todo, foram feitas 301.672 queixas sobre compras feitas pela internet.

Dicas 

O Procon-SP indica o consumidor a fazer uma pesquisa de preços, pesquisar reputação da loja, checar se o vendedor tem CNPJ, endereço físico e se divulga contato para que clientes tirem dúvidas. No site da fundação, há uma lista de sites não recomendados, que pode ser consultada a qualquer momento. 

Outro ponto importante é duvidar de preços muito abaixo do mercado. Isso pode indicar golpes, fraudes ou que o produto é falsificado. Além disso, não é indicado responder mensagens de publicidade ou então acessar links enviados por mensagem de texto, WhatsApp ou e-mail.

“Antes de fazer sua compra, entre no site do Procon-SP e consulte informações sobre a empresa; verifique também o site receita.fazenda.gov.br. É interessante checar a política de pós-venda da empresa e, além disso, trocar a sua senha regularmente para evitar clonagens”, alerta Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP.

Caso a compra já tenha sido feita, o Código Defesa do Consumidor garante a devolução do item em até sete dias depois da compra ou da entrega, sem nenhuma cobrança e com cancelamento registrado por escrito. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos