Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -658,25 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,52 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.997,52
    -20,01 (-0,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,13 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,29 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6630
    +0,0529 (+0,80%)
     

Diário Oficial publica medida que reduz adição de biodiesel ao diesel

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

Está publicada no Diário Oficial da União de hoje (8) a resolução da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) que autorizou a redução do percentual de mistura mínima obrigatória do biodiesel ao diesel comercializado no país, de 12% para 11%. A medida terá validade no período de 1º de novembro a 31 de dezembro deste ano.

O objetivo da redução temporária é garantir o abastecimento interno de diesel B (o diesel já misturado com biodiesel). Desde janeiro de 2008, todo o óleo diesel comercializado no país precisa ser misturado ao biodiesel. O percentual de adição de biodiesel ao diesel puro começou com 2% e foi crescendo até chegar a 12% em março deste ano.

O objetivo da mistura é reduzir a dependência do Brasil da importação de óleo diesel, que é um combustível fóssil produzido a partir do petróleo, além de ampliar o uso de fontes renováveis e reduzir a emissão de gases do efeito estufa.

O biodiesel é produzido a partir de gorduras animais e óleos vegetais. No Brasil, a soja é a principal matéria-prima do produto.