Mercado abrirá em 4 h 18 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.841,00
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    38.814,52
    -3.195,18 (-7,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    917,75
    -77,51 (-7,79%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.918,85
    -33,50 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.753,75
    -87,25 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1064
    -0,0237 (-0,39%)
     

DF investiga possível caso de infecção da variante Ômicron

·1 min de leitura

BRASÍLIA — A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que está monitorando um viajante procedente da África do Sul que desembarcou em Guarulhos no dia 27 de novembro e teve Brasília como destino final. Com a chegada do passageiro em Brasília, a organização local de saúde realizou teste para Sars-Cov-2, que teve resultado positivo. O comunicado foi feito na tarde desta terça-feira por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde do Distrito Federal (Cievs-DF).

Segundo informações oficiais, o voo é o mesmo em que estava o outro caso confirmado de covid-19 identificado em São Paulo. A Cievs-DF também esclareceu que o viajante realizou teste para Sars-Cov-2 um dia após pousar no Brasil. O exame foi feito pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen-DF) e teve resultado positivo.

“O Lacen-DF já iniciou as análises para sequenciamento genético da amostra, com o objetivo de verificar se trata-se da variante Ômicron. O prazo para conclusão do exame é de quatro dias. O Cievs-DF permanece monitorando o caso”, declarou a Cievs-DF em nota oficial.

A nota também diz que o viajante é “um homem, da faixa etária entre 40 e 49 anos, que recebeu 3 doses de vacina. O caso permanece assintomático e o viajante está em isolamento domiciliar desde a chegada à capital”. Além disso, esclarece que “até o momento não há caso confirmado de infecção por covid-19 com a variante Ômicron no Distrito Federal”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos