Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,38 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,17 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,53
    -0,18 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.788,10
    -23,10 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    18.092,08
    +324,02 (+1,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,90 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,40 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.257,50
    +105,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    +0,0347 (+0,55%)
     

Dexter | Vazamento revela detalhes sobre o que aconteceu após a 8ª temporada

Claudio Yuge
·3 minuto de leitura

Desde que Dexter foi anunciado para o retorno, em uma nona temporada, todo mundo fica se perguntando: como é que vão consertar o vergonhoso final da oitava temporada, que também encerrou a série no Showtime? A produção já havia adiantado que essa volta não “desfaz o que aconteceu” no passado, então, os roteiristas terão que desdobrar para trazer aquele serial killer que venceu o Emmy em seu excelente quarto ano. Eis que agora temos uma pouco mais de informações sobre isso.

Mas antes de chegar lá, vamos só lembrar como foi a decadente despedida de Dexter Morgan (Michael C. Hall). Depois do ápice de popularidade — e qualidade — em sua quarta temporada, a série despencou. Tudo bem que os personagens coadjuvantes e muitas das subtramas já eram muitas vezes bem aquém do protagonista, o que já o fazia brilhar ainda mais; mas o problema é que a audiência perdeu aquela sensação de ser um cúmplice do serial killer.

Atenção para alguns spoilers sobre Dexter!

Na sexta e sétima temporada, por exemplo, os fãs já não dividiam todo o tempo de tela na perspectiva em primeira pessoa do personagem. Na sétima, por exemplo, chegamos ao auge do roteiro ruim com várias horas de sessão de terapia com Debra falando sobre uma possível paixão pelo próprio irmão. Além disso, vários subplots nasciam e morriam sem sentido algum — veja bem, no último ano até o terceiro núcleo de atores tinham interesses românticos.

Quarta temporada, premiada pelo Emmy, foi o auge de Dexter (Imagem: Reprodução/Showtime)
Quarta temporada, premiada pelo Emmy, foi o auge de Dexter (Imagem: Reprodução/Showtime)

A “cereja” no bolo foi a series finale, que mostrou uma sequência totalmente inverossímil e que nada lembrava os melhores momentos de Dexter: o protagonista simplesmente entra em conflito em um hospital em que ninguém via ele aprontar das suas — incluindo ele tirando Debra de lá sem ninguém notar. Para piorar, a conclusão mostra ele saindo do lugar no meio do furacão Laura e indo para o meio de um mar digital malfeito. E a última cena que vemos é Dexter perdido no meio do nada vivendo como um lenhador.

Trama vai continuar dez anos depois

Bem, segundo vazamento de uma fonte ao The Hollywood Reporter, a trama vai seguir os acontecimentos do final da oitava temporada, assim como já havia adiantado a produção. A trama deve ser ambientada dez anos depois que vimos Dexter como um lenhador nos confins do Oregon. O que mais chama a atenção é que a descrição dessa pessoa diz que o roteiro coloca o protagonista “agora vivendo com um nome falso em um mundo longe de Miami”.

Bem, de cara, isso já indica que Dexter ainda não foi encontrado pelas autoridades e continua em fuga, sob outra identidade — algo que, convenhamos, ele sempre conseguiu fazer com propriedade no passado. O “mundo longe de Miami” chama a atenção pelo fato da série ter uma grande conexão com a cidade onde ela acontece. Não se sabe se a trama acontecerá no Oregon e há até especulação que possa passar pela Argentina, pois o filho de Dexter, Harrison, e sua namorada, Hannah McKay, vieram para a América do Sul no final da série.

No final, Dexter foi parar nos confins do Oregon, como lenhador (Imagem: Reprodução/Showtime)
No final, Dexter foi parar nos confins do Oregon, como lenhador (Imagem: Reprodução/Showtime)

Se serve de alento, a nona temporada promete retomar a narrativa dos primeiros anos, já que o showrunner original e o diretor recorrente das temporadas de sucesso, Clyde Phillips e Marcos Siega, respectivamente, estão de volta ao lado de Hall. Isso porque relatos de bastidores da época apontavam para um excesso de “exigências” do ator quando a série explodiu no quarto ano, culminando no abandono de Phillips e Siega — e, para muitos, isso foi um dos fatores determinantes da queda da atração.

Ainda não há previsão de estreia para a nona temporada de Dexter.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: