Mercado fechará em 3 h 29 min

Destaque da NASA: grande galáxia espiral é a foto astronômica do dia

A galáxia espiral NGC 6744 aparece com toda sua beleza na foto destacada pela NASA no site Astronomy Picture of the Day, nesta sexta-feira (25). Esta galáxia fica a cerca de 30 milhões de anos-luz de nós e se estende por aproximadamente 175 mil anos-luz.

A foto foi capturada pelo telescópio Hubble, e mostra uma área de quase 24 mil anos-luz de extensão na região central da galáxia. O núcleo amarelado dela se destaca, iluminado por estrelas antigas e frias.

Confira:

Galáxia NGC 6744 observada pelo telescópio Hubble (Imagem: Reprodução/NASA, ESA, LEGUS team)
Galáxia NGC 6744 observada pelo telescópio Hubble (Imagem: Reprodução/NASA, ESA, LEGUS team)

Os braços espirais internos da NGC 6744 são preenchidos por regiões de formação estelar e aglomerados estelares jovens, dispersos por estas estruturas. Os aglomerados estelares aparecem em tons de azul e lilás, observados na luz ultravioleta.

A NGC 6744 é um espetáculo por si só, mas não está sozinha: no restante da foto, foi registrado também o brilho de outras estrelas ao fundo, que fazem parte da Via Láctea.

A galáxia NGC 6744

Considerada uma das maiores e mais próximas galáxias espirais, a NGC 6744 fica em direção à constelação Pavo, o Pavão. Ela tem brilho equivalente a 60 milhões de vezes o do nosso Sol, e pode ser observada com a ajuda de pequenos telescópios.

Assim como a Via Láctea, a NGC 6744 é do tipo espiral, mas há uma grande (literalmente!) diferença entre elas: o tamanho. Enquanto a Via Láctea tem aproximadamente 100 mil anos-luz de extensão, a NGC 6744 tem quase o dobro do tamanho da nossa galáxia.

A imagem da NGC 6744, capturada pelo telescópio Hubble, faz parte de um levantamento focado em galáxias próximas com processos de formação estelar em andamento. Para o estudo, pesquisadores combinaram novas observações do telescópio com outras mais antigas, revelando as complexidades da formação estelar e evolução das galáxias.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: