Mercado abrirá em 5 h 51 min
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,65
    +0,26 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.890,80
    +14,20 (+0,76%)
     
  • BTC-USD

    22.775,95
    -616,40 (-2,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    522,73
    -14,13 (-2,63%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.230,73
    -429,74 (-1,98%)
     
  • NIKKEI

    27.678,47
    +169,01 (+0,61%)
     
  • NASDAQ

    12.572,50
    -51,50 (-0,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5395
    +0,0010 (+0,02%)
     

Destaque da NASA: filamentos da Nebulosa da Hélice são a foto astronômica do dia

Nesta quarta-feira (7), a foto destacada pela NASA no site Astronomy Picture of the Day mostra a Nebulosa da Hélice. Catalogada como “NGC 7293”, esta nebulosa fica a cerca de 650 anos-luz da Terra, e é formada por uma estrela chegando ao fim de sua vida.

Quando estrelas parecidas com o Sol esgotam suas reservas de combustível, elas ejetam suas camadas enquanto seus núcleos se retraem, emitindo energia temporariamente. É assim que nasce uma nebulosa planetária como a da foto. Na nova imagem, o destaque fica por conta dos átomos de hidrogênio e oxigênio, que brilham em vermelho e azul, respectivamente.

Veja abaixo:

A Nebulosa da Hélice é formada por uma estrela chegando ao fim de sua vida (Imagem: Reprodução/Tommaso Stella)
A Nebulosa da Hélice é formada por uma estrela chegando ao fim de sua vida (Imagem: Reprodução/Tommaso Stella)

Se você observar bem, encontrará um pequeno ponto brilhante no centro da nebulosa, envolvido em meio aos filamentos gasosos dela. Ali, está a estrela anã branca, que se destaca por suas altas temperaturas.

A Nebulosa da Hélice é um dos objetos "queridinhos" das observações de astrônomos amadores, e pode ser vista até com binóculos. Apesar de parecer ter formato que lembra o de uma bolha, ela é, na verdade um cilindro que está apontado para a Terra.

A Nebulosa da Hélice

Localizada na constelação de Aquário, a Nebulosa da Hélice é uma das nebulosas planetárias mais brilhantes que está próxima do nosso planeta. Ela foi descoberta por Karl Ludwig Harding, astrônomo alemão, e a expansão de sua estrutura parece ter ocorrido nos últimos 6.560 anos.

Esta nebulosa é formada por filamentos parecidos com tentáculos emaranhados, que parecem apontar para a estrela no centro. Eles são formados pelo vento estelar composto por partículas, que encontram envelopes de gás e poeira mais frios ejetados anteriormente pela estrela.

Com 2,5 anos-luz de extensão, a Nebulosa da Hélice tem tamanho aparente que equivale à metade do diâmetro da Lua na fase cheia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: