Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.092,69
    -669,39 (-1,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Desmonte do Pixel 5a revela baixo nível de reparabilidade do aparelho

·2 minuto de leitura

O Pixel 5a foi anunciado pelo Google neste mês de agosto como uma opção de aparelho mais acessível em relação à série principal, com atrativos como Snapdragon 765G, 6 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento interno, tela OLED de 6,34 polegadas e resolução Full HD+, câmera principal de 12 MP e bateria de 4.680 mAh, a maior já usada na linha. Agora, o aparelho foi desmontado pelo canal PBKReviews no YouTube, revelando algumas dificuldades de operação, o que diminui os índices de reparabilidade do dispositivo.

Dificuldade para retirada da bateria

Alças que deveriam ajudar na retirada da bateria arrebentaram (Imagem: YouTube/PBKReviews)
Alças que deveriam ajudar na retirada da bateria arrebentaram (Imagem: YouTube/PBKReviews)

Após a retirada da tela com o uso de uma fonte de calor, a parte interna do display revela uma placa em plástico com grampos para assegurar a firmeza da peça, assim como uma proteção contra água na moldura em volta. No aparelho em si, depois da retirada de uma camada protetora, revela-se a bateria junto com uma placa metálica que protege os componentes da placa-mãe e ainda dá suporte a outras peças.

A retirada da bateria se mostrou um processo complicado, pois as alças que supostamente ajudariam o procedimento simplesmente arrebentaram nas mãos do YouTuber. Com o uso de algumas gotas de álcool isopropilico, a cola é dissolvida e a bateria pode enfim ser removida.

Há suporte para NFC, mas sem carregamento wireless

Base para NFC pode ser vista na parte central, mas aparelho não traz carregamento sem fio (Imagem: YouTube/PBKReviews)
Base para NFC pode ser vista na parte central, mas aparelho não traz carregamento sem fio (Imagem: YouTube/PBKReviews)

Com a placa-mãe revelada, pode-se ver a entrada para cartão SIM localizada na lateral do dispositivo, além de vários outros componentes conectados, como o processador, memória RAM, câmeras, sensor de proximidade, microfones e entrada USB-C para carregamento e fones de ouvido.

Uma característica que chamou a atenção do YouTuber é o fato de que atrás de todos os componentes fica localizado o espaço reservado para a base com o sensor de NFC, mas não há carregamento sem fio, recurso que geralmente é posicionado na mesma estrutura para economizar espaço. Por conta da dificuldade em abrir o aparelho, e especialmente para retirar a bateria, o Pixel 5a recebeu apenas uma nota cinco de reparabilidade, em uma escala de um a dez.

O vídeo completo pode ser conferido abaixo:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos