Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.969,16
    -1.606,31 (-1,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.769,11
    +94,81 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,12
    -0,41 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.779,90
    -8,20 (-0,46%)
     
  • BTC-USD

    19.394,89
    -14,12 (-0,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    380,91
    +16,31 (+4,47%)
     
  • S&P500

    3.621,69
    -16,66 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    29.639,23
    -271,14 (-0,91%)
     
  • FTSE

    6.266,19
    -101,39 (-1,59%)
     
  • HANG SENG

    26.341,49
    -553,19 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    26.433,62
    -211,09 (-0,79%)
     
  • NASDAQ

    12.271,25
    +13,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3884
    +0,0138 (+0,22%)
     

Desmontagem do Huawei Mate 40 Pro revela as câmeras campeãs do celular

Rubens Eishima
·2 minuto de leitura

Disponível apenas na China até o momento, o Huawei Mate 40 Pro já foi desmontado por um blog do país. O novo topo de linha da fabricante chinesa apresenta um interior surpreendentemente tradicional, mesmo contando com o melhor conjunto de câmeras do segmento, título conferido pelos especialistas do site DxOMark.

O Mate 40 Pro herdou o conjunto de câmeras do celular P40 Pro, detentor do título até a chegada do Xiaomi Mi 10 Ultra. A câmera principal de 50 megapixels do novo Huawei utiliza um sensor de 1/1,28″, maior que os componentes usados nos rivais da Xiaomi ou Samsung e oferece maior sensibilidade à luz.

A desmontagem do blog chinês mostra que o componente ocupa uma área considerável no interior do Mate 40 Pro, principalmente em comparação com as outras câmeras do conjunto.

Sensor principal de 50 polegadas (ao centro) é um dos destaques da linha Mate 40 (Imagem: reprodução/艾奥科技)
Sensor principal de 50 polegadas (ao centro) é um dos destaques da linha Mate 40 (Imagem: reprodução/艾奥科技)

O processo para abrir o aparelho segue os passos tradicionais, com o uso de alta temperatura para soltar o adesivo que mantém o celular unido. O interior por outro lado não conta com nenhum sistema mirabolante de resfriamento, mostrando um dos benefícios do chip Kirin 9000, fabricado no processo de 5 nm.

A placa-mãe do Mate 40 Pro conta com um dissipador de calor relativamente simples, sem as grandes superfícies de cobre, câmaras de vapor ou materiais exóticos vistos em aparelhos da geração anterior.

Lente periscópica fica alojada em módulo separado das câmeras principal e grande-angular (Imagem: reprodução/艾奥科技)
Lente periscópica fica alojada em módulo separado das câmeras principal e grande-angular (Imagem: reprodução/艾奥科技)

Um componente que chama a atenção é a bobina de recarga sem fio, que cobre praticamente metade do celular. Segundo a Huawei, o Mate 40 Pro é compatível com uma potência de até 50 W, acima das especificações do padrão Qi.

Já a bateria tem os 4.400 mAh listados pela fabricante chinesa, mas o vídeo revela a capacidade oficial do componente, com 4.300 mAh. A remoção da peça não apresenta uma dificuldade muito diferente de outros celulares, característica que também se aplica a diversos outros módulos internos no Mate 40.

O vídeo mostra as principais etapas para abrir o Mate 40 Pro e pode ser conferido a seguir. Vale destacar que as imagens iniciais mostram o modelo Porsche Design Huawei Mate 40 Pro RS, que não é o aparelho desmontado na gravação e conta com uma câmera extra.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: