Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,98
    +0,07 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.875,60
    -4,00 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    39.016,07
    +3.529,02 (+9,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    977,05
    +35,24 (+3,74%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.019,25
    +25,00 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1918
    -0,0008 (-0,01%)
     

Desequilíbrio da saúde mental leva a aumento de doenças nesta pandemia

·1 minuto de leitura

A pandemia de COVID-19 trouxe vários impactos para a saúde mental da população, e especialistas têm observado o aumento de casos de doenças em decorrência do desequilíbrio da saúde mental.

Segundo a psicoterapeuta somática Maria del Mar, as patologias evoluíram durante a pandemia e as doenças físicas têm como componente principal o distúrbio psicológico e emocional. Acontece que com o prolongamento da pandemia, os dados de atendimentos em consultórios de pessoas afetadas mentalmente pelos efeitos do isolamento, do medo, da tristeza, da situação econômica, chegaram a níveis alarmantes.

Além do aumento de tentativas de suicídio, de casos de depressão, ansiedade e ataques de pânico, houve também uma alta nos registros de doenças orgânicas associadas. E para a especialista, um dos maiores fatores envolve pessoas com doenças graves que se entregam ao negacionismo e ao excesso de medicamentos.

(Imagem: Anh Nguyen/Unsplash)
(Imagem: Anh Nguyen/Unsplash)

A especialista ressalta a importância de zelar pela saúde mental, pois isso também impacta a recuperação da saúde física. Isso porque, para a psicoterapia somática, o corpo é um campo informacional, e a maioria das patologias são frutos de circunstâncias integradas, tanto físicas, quanto mentais e genéticas.

“Sem dúvida o desequilíbrio da saúde mental tem sido agora uns dos efeitos mais terríveis que estamos enfrentando. Deixo um alerta importante: temos que ter maior atenção não só com a saúde física, com a imunidade do corpo, mas com tudo o que acontecendo colateralmente", aponta a psicóloga.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: