Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.759,54
    -168,25 (-0,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.186,35
    +441,43 (+0,82%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,33
    +0,51 (+0,61%)
     
  • OURO

    1.818,00
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    42.194,75
    -887,53 (-2,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.013,55
    -12,18 (-1,19%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.611,23
    +68,28 (+0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.218,03
    -165,29 (-0,68%)
     
  • NIKKEI

    28.333,52
    +209,24 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    15.559,25
    -36,50 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2967
    -0,0207 (-0,33%)
     

Descontos além da Black Friday: veja 5 dicas para aproveitar a Cyber Monday

·4 min de leitura
Cute dog Pug breed lying and yawning on ground looking on computer laptop screen working and typing with computer laptop feeling so lazy and want to sleep,Dog and Business Concept
Cute dog Pug breed lying and yawning on ground looking on computer laptop screen working and typing with computer laptop feeling so lazy and want to sleep,Dog and Business Concept

A Black Friday já é uma data conhecida dos brasileiros quando o assunto é comprar produtos com preços promocionais. Mas o dia de super descontos no varejo não é só na última sexta-feira do mês de novembro. desde 2012 existe também a Cyber Monday (segunda-feira cibernética em tradução livre) no Brasil. Ambas as datas foram criadas nos Estados Unidos com o intuito de aquecer o mercado com um volume maior de vendas. A diferença principal entre elas é que a Cyber Monday é voltada exclusivamente para compras online.

De acordo com levantamento realizado pela NeoTrust/Compre&Confie - empresa especializada em inteligência de mercado com foco no e-commerce - a Cyber Monday em 2020 teve um faturamento de R$ 702,7 milhões, valor que representa um aumento de 48% em relação ao ano anterior. Quanto ao número de compras, a pesquisa aponta que foram realizadas 1,5 milhão, quantidade 37,6% maior em relação a 2019.

Esse ano a Cyber Monday ocorre na segunda-feira dia 29 de novembro e as expectativas estão altas. A seguir, listamos 6 dicas para aproveitar a data da melhor maneira e com segurança, confira:

  1. Faça uma pesquisa e compare os preços

  2. Certifique-se que está em um site seguro

  3. Procure por avaliações da loja

  4. Utilize a aba anônima

  5. Prefira pagar com cartão de crédito

  6. Esteja atento a política de trocas e devoluções

Faça uma pesquisa e compare os preços

Assim como a Black Friday, a Black Monday pode ter várias “pegadinhas” e super descontos que na verdade são o velho truque do tudo pela metade do dobro. Para se certificar de que os preços promocionais são realmente relevantes, faça uma boa pesquisa do produto em mais de uma loja. Uma boa dica também é utilizar plataformas que oferecem

o comparativo de preços dos itens em diversas lojas online.

Certifique-se que está em um site seguro

As datas de grande volume de vendas costumam também atrair muitos golpistas, sobretudo no ambiente online. Sendo assim, é de grande importância certificar a veracidade do site que está sendo acessado. Esteja atento a possíveis erros de português na URL do site, caso exista, desconfie. Além disso, observe se inicia com HTTPS e se há também o ícone de um cadeado antes do endereço. Todos esses fatores indicam que um site é seguro.

Procure por avaliações da loja

Outro bom mecanismo para saber que está em um ambiente seguro é procurar por avaliações das lojas. Procure em sites como o Reclame Aqui sobre a reputação da marca e analise se há reclamações frequentes e se houverem, se a empresa conseguiu solucionar os problemas.

Também tenha atenção às opções de contato que o site oferece. As lojas virtuais são obrigadas a disponibilizar informações como endereço, telefone, CNPJ e razão social.

Utilize a aba anônima

Essa é uma dica para manter a privacidade do seu histórico de compras perante as lojas. Isso porque os sites podem reter o histórico de pesquisa dos usuários através dos cookies, e assim oferecer descontos diferentes, baseado no que o usuário já pesquisou. Além de evitar que a loja fique sugerindo insistentemente um produto que foi pesquisado mas não comprado. Desse modo, para realizar compras online, sobretudo nessas datas específicas, é indicado utilizar a navegação de forma anônima para que os dados não fiquem armazenados.

Prefira pagar com cartão de crédito

Caso a loja ofereça apenas o boleto como modo de pagamento, desconfie. Golpistas utilizam esse mecanismo para receber o pagamento e jamais entregar o produto. No caso de compras online, o pagamento com cartão de crédito é mais seguro. Se houver algum problema com a venda ou o produto não chegar à sua casa, é possível solicitar o estorno da compra.

Esteja atento a política de trocas e devoluções

Por fim, antes de finalizar a compra, leia atentamente sobre a política de troca e devolução do site. Essas condições podem ser analisadas nos termos que a loja apresenta. Detalhes como prazos e datas para troca e devolução devem ser conferidos minuciosamente, já que as compras online tem outros procedimentos para que trocas ou devoluções sejam realizadas, como precisar enviar o produto pelos correios, o que pode levar mais tempo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos