Mercado abrirá em 3 h 41 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,77
    +3,62 (+5,31%)
     
  • OURO

    1.795,80
    +7,70 (+0,43%)
     
  • BTC-USD

    57.408,50
    +2.761,04 (+5,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.436,96
    -18,45 (-1,27%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.109,06
    +65,03 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    23.859,50
    -221,02 (-0,92%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.209,50
    +158,50 (+0,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2887
    -0,0598 (-0,94%)
     

Desconto em preço de remédio de maconha provoca tensão no setor

·1 min de leitura
*ARQUIVO* JOÃO PESSOA, PB, 11.09.2019 - Plantação de cannabis da Abrace Esperança, única associação no país com autorização judicial para o cultivo e extração do óleo a base de CBD (canabidiol), em João Pessoa (PB). (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
*ARQUIVO* JOÃO PESSOA, PB, 11.09.2019 - Plantação de cannabis da Abrace Esperança, única associação no país com autorização judicial para o cultivo e extração do óleo a base de CBD (canabidiol), em João Pessoa (PB). (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A HempMeds, uma das pioneiras no mercado de canabidiol no Brasil, provocou tensão no setor após lançar uma ação de rebaixa de preços no mês passado. E o caso deve ser analisado pelo comitê de ética da BRCann, associação que reúne a indústria de maconha medicinal.

A HempMeds anunciou recentemente uma redução fixa de até 30% em todos os seus produtos, e em média de 20%. Segundo a empresa, o objetivo foi mitigar o impacto da inflação para o consumidor. A redução na margem seria compensada pelo aumento da base de clientes e, consequentemente, do volume de vendas.

O problema é que a HempMeds também ofereceu cupons de desconto, e a Anvisa proíbe a distribuição de benefícios e vantagens não só aos clientes, mas também aos profissionais prescritores e dispensadores.

Procurada pela reportagem., a HempMeds afirma que vai submeter as práticas ao compliance para reavaliar.

"A HempMeds não oferece qualquer tipo de compensação ou vantagem aos médicos. A marca tem absoluto respeito pelo ato médico e sua autonomia de prescrição. A empresa também é contrária a qualquer prática que viole a norma sanitária em vigor. Os descontos oferecidos representam uma transição na política de preços da importadora, como forma de mitigar a crise econômica no país", diz a empresa em nota.

A BRCann afirma que "defende o cumprimento da regulação vigente por seus associados, bem como o respeito aos códigos de ética do CFM [Conselho Federal de Medicina] e da própria associação, que prevê penalidades para os associados que descumprirem as normas".

Outros casos semelhantes ao da HempMeds também vêm sendo apontados no setor, que ainda tem brechas regulatórias facilitando práticas contestadas e deve elevar o escrutínio, segundo especialistas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos