Mercado abrirá em 6 h 27 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,76
    -0,19 (-0,27%)
     
  • OURO

    1.792,10
    +6,90 (+0,39%)
     
  • BTC-USD

    56.898,94
    -442,89 (-0,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.434,83
    +5,90 (+0,41%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.109,95
    +65,92 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    23.460,92
    -391,32 (-1,64%)
     
  • NIKKEI

    28.229,04
    -54,88 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    16.339,25
    -51,50 (-0,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3401
    +0,0109 (+0,17%)
     

Desconhecido app Instagram Threads já tem data para ser aposentado

·2 min de leitura

O Threads, aplicativo de mensagens autônomo do Instagram, será encerrado até o final de dezembro de 2021. Em confirmação ao site TechCrunch, a empresa informou que comunicará os atuais usuários do serviço com um aviso no app a partir de 23 de novembro, para orientá-los a retornar ao Instagram se quiserem enviar mensagens aos seus contatos a partir do encerramento — após o fim, o programa será retirado das lojas oficiais e deixará de funcionar corretamente.

Lançado em 2019, o Threads era um complemento à experiência do Instagram que permitia o bate-papo entre contas, um substituto para o extinto Direct. Na época, a ideia do app era ser um mensageiro mais amigável, projetado para postar atualizações de status e manter contato com os seus amigos próximos do Instagram.

O Threads era como um "chat plus" para o Instagram, mas foi substituído pelo Messenger (Imagem: Reprodução/Instagram)
O Threads era como um "chat plus" para o Instagram, mas foi substituído pelo Messenger (Imagem: Reprodução/Instagram)

Como nunca chegou a fazer muito sucesso, o software teve pouca atenção dos desenvolvedores, embora tenha recebido uma atualização, no ano passado, que possibilitou o envio de mensagens para qualquer pessoa. Muita gente reclamava da dificuldade de navegar entre as seções do app antes do redesenho de 2020, principalmente para visualizar os stories dos amigos e a interface da câmera.

O Threads conseguiu modestas 13,7 milhões de instalações globais na App Store e no Google Play, de acordo com estimativas da Sensor Tower, números ínfimos perto dos apps da Meta (ex-Facebook Inc.). Mesmo com suporte a legendas automáticas e status, recursos incorporados pelo Instagram, o app não escapou de cair no limbo. Na loja do Android, por exemplo, a avaliação é de apenas 2,5 estrelas e muitas críticas, como a dificuldade em editar a lista de melhores amigos.

Messenger matou o Threads

Com a chegada do Messenger, e seu funcionamento interoperável entre Instagram e Facebook, o antigo app de mensagem perdeu a sua função principal. Hoje, quando você inicia um chat em qualquer uma das redes vai conversar pelo Messenger e não pelo Threads, além deste não ter suporte a co-visualização de vídeos, reação com emojis, alterar a cor de bate-papo, nem a infinidade de recursos recentes.

A verdade é que o fim era só uma questão de tempo e deve abrir espaço para o foco total no Messenger e no próprio Instagram. “Estamos trazendo os recursos divertidos e exclusivos que tínhamos no Threads para o aplicativo principal do Instagram e continuando a construir maneiras das pessoas se conectarem melhor com seus amigos próximos no Instagram. Esperamos que isso torne mais fácil para as pessoas terem todos esses recursos e habilidades no aplicativo principal”, disse o porta-voz ao TechCrunch.

Para finalizar, os desenvolvedores ainda garantiram que devem lançar novos recursos de mensagem nos próximos meses. Será que alguém vai sentir falta do Threads? Envie sua mensagem para as redes sociais do Canaltech com a sua opinião.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos