Mercado abrirá em 2 h 52 min

Desaprovação de Bolsonaro atinge 51,4%, aponta pesquisa CNT

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Brazilian President Jair Bolsonaro gestures as he speaks during a press conference on a new fuel tax policy at Planalto Palace in Brasilia on February 5, 2021. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Enquanto aprovação de Bolsonaro é de 43,5%, a do governo é de 32,9% (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)

A desaprovação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) entre os brasileiros é de 51,4%, enquanto a aprovação foi de 43,5%. É o que aponta uma pesquisa feita pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), divulgada nesta segunda-feira, 22.

O levantamento questionou quais as maiores qualidades do presidente. O mais citado foi a sinceridade, para 29,3%, enquanto 11,3% disseram que Bolsonaro é honesto. Apareceram ainda “inteligente” (8,4%), “sempre busca o bem para o país” (5%), “justo” (4,2%), “trabalhador” (3,7%), e “cuida dos pobres” (1,3%). Para 33,3%, Bolsonaro não tem qualidades.

Leia também

O principal defeito citado é que o presidente é mal-educado, com 20,1%, seguido de “despreparado” (17,6%) e “autoritário” (16,6%). Foi citado ainda que Bolsonaro “exagera na briga com a imprensa” (16%), é “agressivo” (10,9%) e “está preocupado apenas com a reeleição” (3,2%). Outros 3,1% consideram o presidente desonesto. Entre os entrevistados, 9,6% consideram que Bolsonaro não tem nenhum defeito.

Para 35,5% dos brasileiros, o governo do presidente Jair Bolsonaro é ruim ou péssimo. A avalição positiva, somando ótimo e bom, foi de 32,9%, enquanto 30,2% dos brasileiros consideram o governo regular. Entre os entrevistados, 1,4% não responderam ou não souberam opinar.

A pesquisa CNT foi realizada em parceria com o Instituto MDA entre os dias 18 e 20 de fevereiro. Foram ouvidas 2.002 pessoas em 137 municípios e 25 estados. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.