Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +0,19 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    50.223,79
    +1.803,62 (+3,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,20 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    -11,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7811
    -0,0048 (-0,07%)
     

Desafios do Século 21: a nanotecnologia dentro de nós

Fernando D´Angelo
·2 minuto de leitura

A nanotecnologia está chegando ao corpo humano. E como isso vai impactar a forma como são feitos os diagnósticos e tratamentos? Abaixo, alguns dos mais impressionantes estudos que estão sendo feitos!

Computação biológica

E se tivéssemos a capacidade de criar genes sintéticos que se conectam a genes biológicos e, assim, fosse possível fazer diagnósticos intracelulares, ou ainda reprogramar o comportamento de uma célula para fins terapêuticos? Algoritmos biofísicos interferindo na vida intracelular! Bem-vindo ao século 21!

Tratamento para paralisias

Atualmente, muitos dos diagnósticos de paralisia são relativos a problemas no sistema nervoso central, que não conseguem repassar os comandos enviados pelo cérebro. É o que acontece, por exemplo, com uma pessoa que se acidenta e rompe a coluna vertebral. Existem, atualmente, projetos que permitem uma profunda reconexão neural através de dispositivos digitais.

Sistema Nervoso digital

Indo na direção contrária dos estudos de Hugh Herr, onde o cérebro é interligado a próteses externas para comandá-las, essa iniciativa tem como objetivo o uso de computação para controlar músculos. Um exemplo é a possibilidade de um algoritmo de Inteligência Artificial substituir áreas lesadas de um cérebro que teve um AVC e enviar comandos para os músculos se movimentarem.

Nanoimplantes

Nanocomputadores serão implantados em nossos corpos para a captura de informações sobre o nosso corpo, para fazer nanoreparos e nanotratamentos. Nanosensores magnéticos serão capazes de captar distúrbios magnéticos e, com isso, capturar informações biológicas de forma bem precisa e sendo lidas por equipamentos médicos fora de nosso corpo.

A nanotecnologia não só vai permitir que nossos celulares fiquem cada vez menores e mais potentes, mas também que tenhamos uma visão do nosso corpo que nunca tivemos: A visão interna. Será como se colocássemos óculos 3D e navegássemos dentro de nossos corpos.

Leia mais artigos da série Desafios do Século 21:

*Este artigo foi inspirado na palestra de Hugh Herr na HSM Expo 2019.

Agradecimentos à HSM e sua assessoria de imprensa pelo convite para acompanhar o evento HSM Expo 2019.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: