Mercado abrirá em 3 h 26 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,29
    +0,84 (+1,11%)
     
  • OURO

    1.742,90
    -9,10 (-0,52%)
     
  • BTC-USD

    42.101,65
    -1.907,03 (-4,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.044,67
    -56,85 (-5,16%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.039,26
    -24,14 (-0,34%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.015,50
    -179,25 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Derrotado na segunda rodada do judô, Eric Takabatake diz que Olimpíadas foram seu parque de diversões

·2 minuto de leitura

TÓQUIO, JAPÃO (FOLHAPRESS) - O brasileiro Eric Takabatake foi derrotado na segunda rodada da categoria até 60 kg, neste sábado (24) no Japão, e está fora da disputa de medalha no judô das Olimpíadas. Ele sofreu um ippon do de Won Jin Kim, Coreia do Sul, na morte súbita, o golden score.

Takabatake passou alguns segundos na expectativa de ter vencido a luta contra o coreano. Ele havia atirado o adversário ao solo, mas a arbitragem não considerou válido e a decisão foi para o VAR do judô. A não marcação foi confirmada.

"Achei que tinha sido, mas acreditei que poderia não ser dado. Escapou uma mão minha no golpe e eu já estava na cabeça que não ia ser dado. Não sei se foi ou não, preciso ver depois", disse ele, que competiu na categoria até 60 kg.

A luta estava no golden score, em que qualquer ponto definiria o vencedor. Segundos depois, o brasileiro levou um ippon e perdeu.

Com a expressão frustrada, ele não estava emocionado como Gabriela Chibana, brasileira que derrotada também na segunda rodada nesta madrugada de sábado (horário de Brasília). Mas Takabatake disse ser difícil de engolir a derrota depois de todo o sacrifício que fez para chegar até as Olimpíadas.

"Agora é parar para pensar. Hoje vou ter de engolir isso."

Na estreia, ele havia derrotado Soukphaxay Sithisane, do Laos, também por ippon. Se passasse pelo coreano, chegaria às quartas de final e mesmo se fosse derrotado, teria chance de brigar pela medalha de bronze.

Apesar disso, ele jura não guardar mágoa pelo resultado. Takabatake classifica a experiência olímpica como "o parque de diversões" de sua vida.

"Isso aqui foi meu Hopi Hari, meu parque de diversões. Era aqui que eu queria estar. Tudo o que vivi aqui vou levar como um sonho, foi a experiência da minha vida."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos