Mercado fechará em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    122.063,31
    +154,28 (+0,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.390,45
    -476,70 (-0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,36
    +0,44 (+0,68%)
     
  • OURO

    1.835,50
    -2,10 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    56.409,04
    -850,52 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.507,68
    +1.265,00 (+521,26%)
     
  • S&P500

    4.155,29
    -33,14 (-0,79%)
     
  • DOW JONES

    34.281,74
    -461,08 (-1,33%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.013,81
    -581,89 (-2,03%)
     
  • NIKKEI

    28.608,59
    -909,71 (-3,08%)
     
  • NASDAQ

    13.355,75
    -1,00 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3538
    +0,0136 (+0,21%)
     

Deral reduz previsões para soja e 2ª safra de milho 20/21 do Paraná

·1 minuto de leitura
Montanha de milho colhido na segunda safra do cereal no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - A colheita de soja e a segunda safra de milho do Paraná, segundo Estado produtor de grãos do Brasil, serão menores do que o esperado, à medida que o Estado contabiliza o impacto do tempo seco, apontou nesta quinta-feira o Departamento de Economia Rural (Deral).

O maior ajuste negativo foi feito para a segunda safra de milho, com a produção agora estimada em 12,23 milhões de toneladas, ante 13,38 milhões na previsão de março e 11,9 milhões no ciclo anterior, segundo o Deral, que tem apontado deterioração das lavouras do cereal semana após semana.

A produção ainda subiria 3% ante a temporada anterior, mas ficaria abaixo do potencial, uma vez que a área plantada deverá crescer 8%, para cerca de 2,5 milhões de hectares, de acordo com dados do órgão do governo.

A safra de soja do Paraná 2020/21 foi estimada em 19,8 milhões de toneladas, ante 20,09 milhões em março e 20,78 milhões em 2019/20 --a colheita da oleaginosa já está finalizada.

Já a safra de trigo do Estado líder na produção do cereal foi estimada em 3,8 milhões de toneladas, ante 3,77 milhões na previsão de março e 3,12 milhões em 2020, segundo o Deral. Essa lavoura de inverno está em fase de plantio.

(Por Roberto Samora)