Mercado abrirá em 4 h 5 min

Deputados querem aumentar seus próprios salários para R$ 39,3 mil

Como o valor do salário do STF representa o teto do funcionalismo público, o aumento abre brecha para uma série de elevações, incluindo a dos deputados (Luciano Freire/Futura Press)

Deputados estariam planejando aumentar seus próprios salários. O deputado federal Fernando Giacobo (PR-PR), primeiro-secretário da Câmara afirmou que a casa estuda a viabilidade de aprovar um reajuste semelhante ao dos ministros do Supremo Tribunal Federal, o STF.

Como o valor do salário do STF representa o teto do funcionalismo público, o aumento aprovado por eles abre brecha para uma série de elevações, incluindo a dos deputados, que podem chegar a receber R$ 39,3 mil por mês.

“Ficou decidido que vai ser feito um estudo jurídico para saber se, na votação do orçamento, seria permitido suprimir isso da Lei de Diretrizes Orçamentárias. Se não der, não será feito. Se der para suprimir, será feito [o reajuste]. Acho que é até justo”, explica Giacobo. Segundo ele, pelo menos por enquanto existe um bloqueio que impede o reajuste dos salários na LDO.

Rodrigo Maia, o presidente da Câmara, disse que a possibilidade do estudo jurídico é “uma grande mentira”, e não quis responder se o aumento de salário será colocado em votação.