Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.798,11
    +94,75 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Deputado pede a empresas que se desfiliem de entidade do agro que criticou presidente

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 26.04.2018: Deputado Frederico D'Ávila (PSL-SP). (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 26.04.2018: Deputado Frederico D'Ávila (PSL-SP). (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Apoiador de Jair Bolsonaro e ligado ao agronegócio, o deputado estadual paulista Frederico D’Ávila (PSL) enviou carta a empresas ligadas à Abag (Associação Brasileira do Agronegócio) propondo que peçam desfiliação da entidade.

O motivo foram críticas feitas pela associação a Bolsonaro e sua adesão a um manifesto em defesa da democracia.

Também pesaram declarações nessa mesma linha dadas pelo presidente da Abag, Marcello Brito, ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na segunda-feira (30).

"Sugiro que sua empresa ou entidade se desassocie da Abag ou defenda a destituição do presidente da associação, por estar agredindo reiteradas vezes a classe produtora, base fundamental da atividade agrícola nacional", diz o deputado na carta.

O parlamentar ainda chama Britto de “ignota figura, que não tem procuração para representar a classe produtora”.

“É importante enfatizar que o produtor rural brasileiro continua apoiando maciçamente a ministra Tereza Cristina [da Agricultura] e o presidente Jair Bolsonaro, bem como toda sua equipe de governo”, afirma D’Ávila.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos