Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.327,04
    -75,98 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Deputado apresenta requerimento para isenção de IR no Auxílio Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado Nereu Crispim (PSD-RS) coletou 265 assinaturas e apresentou pedido de urgência para o projeto de lei que isenta o Auxílio Brasil e os benefícios para caminhoneiros e taxistas de imposto de renda.

Endossaram a iniciativa os líderes Adolfo Viana (PSDB-BA), Antônio Brito (PSD-BA), Altineu Cortes (PL-RJ), Igor Timo (Podemos-MG), Isnaldo Bulhôes Jr (MDB-AL), Reginaldo Lopes (PT-MG) e André Figueiredo (PDT-CE), que juntos representam mais que os 257 apoios necessários.

Na próxima reunião de líderes, prevista para 29 de agosto, o assunto será debatido e pode ir à pauta caso o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) concorde.

O projeto propõe a isenção de Imposto de Renda para os beneficiários do Auxílio Brasil, do seguro-desemprego e dos auxílios que serão pagos a caminhoneiros e taxistas.

Segundo justifica, como a tabela do imposto de renda não foi atualizada pela inflação, ao receber os auxílios alguns beneficiários podem acabar se enquadrando na renda mínima tributável. A faixa de isenção, atualmente, vai até salário mensal de R$ 1.903,98. "O governo dá com uma mão e tira com a outra", diz o parlamentar.

Se Lira pautar o requerimento, isso acelera a tramitação da proposta, suprimindo a análise pelas comissões temáticas e levando o assunto diretamente ao plenário.