Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,16
    +0,59 (+0,54%)
     
  • OURO

    1.823,80
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    20.760,16
    -342,76 (-1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,80
    -6,00 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.070,25
    +29,75 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0160 (-0,29%)
     

Depositário nacional da Rússia substituirá Citi como agente de pagamento de eurobônus

Nota de rublo russo em meio a notas de dólar

(Reuters) - A Rússia substituirá o Citibank, que deixou de encarregar-se do serviço dos eurobônus do país, por seu próprio Depositário Nacional de Liquidação, uma central de liquidação de operações financeiras, disse o Ministério das Finanças nesta quinta-feira, diante do risco de sua primeira grande inadimplência da dívida externa em mais de um século.

As sanções impostas à Rússia pelos países ocidentais e seus aliados, em resposta ao que Moscou chama de "operação militar especial" na Ucrânia, praticamente excluíram o país do sistema financeiro global.

A expiração no mês passado de uma licença dos Estados Unidos que permitia à Rússia fazer pagamentos voltou a colocar em foco a perspectiva de calote do país.

Mas a Rússia diz que tem dinheiro e está disposta a pagar, recusando qualquer rumor sobre inadimplência. O ministro das Finanças, Anton Siluanov, disse na segunda-feira que Moscou continuaria a pagar o serviço de suas dívidas externas em rublos.

Nesta quinta-feira, o Ministério das Finanças disse que o Citibank deixou de atuar como agente fiscal, de transferência e de pagamento, bem como registrador, a partir de 24 de maio em quatro emissões de eurobônus com vencimento em 2023, 2028, 2042 e 2043.

"A função do agente pagador e outras funções para as emissões de obrigações indicadas foram transferidas para o Depositário Nacional de Liquidação, de acordo com a lei da Federação Russa", disse o Ministério das Finanças.

A Rússia estuda agora a possibilidade de pagar os detentores de eurobônus aplicando o mecanismo que utiliza para processar os pagamentos de seu gás em rublos, embora os investidores tenham dito que a mudança não permitiria à Rússia evitar um calote histórico da dívida.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos