Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.434,90
    +35,77 (+0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Depois da Amazon, Nike também encerra as operações de dois apps na China

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Nike anunciou nesta quarta-feira (8) que vai desativar seu serviço de corridas Nike Run Club (NRC); e seu app de treinos, Nike Training Club (NTC), na China, a partir do dia 8 de julho. O comunicado ocorre pouco tempo após a declaração do encerramento das operações do Kindle feita pela Amazon no país.

A empresa não especificou o motivo da sua decisão, mas disse em um comunicado à imprensa que está desenvolvendo uma solução otimizada, criada localmente, para atender às demandas dos corredores e atletas chineses. O NRC, disponível em vários países, permite que os usuários acompanhem suas corridas e desafiem colegas a competir. Até o momento, o app conta com mais de 8 milhões de adeptos na China, o seu maior mercado.

Com o encerramento das operações do NRC e do NTC, os equipamentos esportivos da Garmin na China também não poderão mais sincronizar dados com os apps da Nike. Contudo, a empresa informou que os usuários locais poderão exportar suas informações de condicionamento físico para outros locais.

A Nike informou que o Nike Training Club vai continuar oferecendo vários treinamentos, como fitness, ioga e dança, por meio do seu miniaplicativo no WeChat; além de sugestões de nutrição, sono e ajuste psicológico de especialistas globais, depois que o app for desativado.

A empresa anunciou na última terça-feira (7) que planeja modificar a versão chinesa da sua própria plataforma digital em julho, com a finalidade de trazer um novo ecossistema e conectar serviços e experiências de associação em todas os estabelecimentos offline, incluindo lojas diretas da Nike e parceiras.

Nike desativa NRC e NTC na China (Imagem: Reprodução/News Nike)
Nike desativa NRC e NTC na China (Imagem: Reprodução/News Nike)

Além de Nike e Amazon, outras empresas ocidentais vêm deixando o mercado chinês

A saída de empresas ocidentais da China já não é mais novidade, considerando que o funcionamento das big techs deve ser conduzido de uma forma diferente no país, onde as regulamentações de consumo, financeiras, tecnológicas e de mídia são incompatíveis com as de outras partes do mundo.

A China tem colocado novas restrições às empresas de internet em áreas como conteúdo; e também impôs novas leis, como a de proteção de informações pessoais, destinada a proteger a privacidade dos dados dos usuários — fatores que têm representado desafios a diversas companhias.

No início deste mês, a Amazon anunciou o encerramento das operações do Kindle na China, sem especificar os motivos. Especialistas apontaram que o motivo poderia ser a censura de diversos títulos, visto que qualquer tipo de conteúdo que entra no país passa por uma fiscalização das autoridades locais.

No fim de maio, o Airbnb também disse que deixaria o mercado chinês em breve, devido às restrições do país com a política de "covid zero". Ambas seguem o caminho de empresas com o Yahoo, o LinkedIn e a Microsoft em suas saídas voluntárias da segunda maior economia do mundo, devido às dificuldades em ambiente operacional desafiador e às exigências de conformidade.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos