Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -658,25 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,52 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,07 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,80 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    13.042,53
    +25,01 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,13 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,29 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +5,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6645
    +0,0544 (+0,82%)
     

Dentista amiga de Mario Frias vira chefe do Centro Técnico Audiovisual

·2 minutos de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A dentista Edianne Paulo de Abreu foi nomeada como coordenadora-geral do Centro Técnico Audiovisual, órgão subordinado à Secretaria Nacional do Audiovisual, que integra a pasta cultural do governo federal. A nomeação, publicada nesta quarta-feira (16) no Diário Oficial da União, foi assinada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. Criado em 1985, o Centro Técnico Audiovisual tem a responsabilidade de promover o desenvolvimento da atividade audiovisual brasileira e faz parte da Secretaria Nacional do Audiovisual, chefiada por Bruno Graça Melo Côrtes. O centro, que tem sede no Rio de Janeiro, apoia a capacitação de pessoal na área, além de mostras e festivais. Faz também empréstimos de cópias de filmes, equipamentos e de estúdios. O currículo da dentista na plataforma Linkedin, no entanto, não menciona nenhuma experiência no setor audiovisual. No ano passado, Abreu foi secretária parlamentar do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), ex-policial militar que ficou conhecido após quebrar uma placa de rua em homenagem à vereadora Marielle Franco (Psol-RJ), assassinada no centro do Rio de Janeiro. A dentista também concorreu em 2018 ao cargo de deputada federal pelo PSL do Rio, mas teve 1.413 votos e não chegou a ser eleita. Um vídeo publicado no Facebook em março deste ano mostra Abreu ao lado do ator Mario Frias, que na época ainda não havia assumido a Secretaria Especial da Cultura, então chefiada pela atriz Regina Duarte. No vídeo, Abreu chama o ator de seu "amigo Didireita" e conversa com ele sobre as eleições municipais de 2020 e o presidente Bolsonaro. "Pode falar, pode rasgar o verbo", diz ela a Frias. "Vereador e prefeito é tão importante, ou mais, do que o presidente agora. É uma eleição crucial para todo o direcionamento que a gente tem. Eles são os braços, mãos, dedos do presidente", diz o ator no vídeo.