Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,88
    -0,27 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.668,50
    -1,50 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    19.618,27
    +588,02 (+3,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,10
    +18,32 (+4,27%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.539,25
    +205,50 (+1,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2326
    +0,0727 (+1,41%)
     

Denatran lança transferência de propriedade de veículo virtual

·1 min de leitura
Hand of young repairman giving alarm system remote control to male client after repairing automobile against interior of workshop
Em Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Goiás e Mato Grosso já é possível fazer o processo digital (Getty Image)
  • Assinatura virtual facilitará o processo de venda de carros

  • O processo elimina a necessidade de reconhecimento de firma em cartório

  • Inicialmente, apenas alguns estados possuem integração ao sistema

O carro foi comprado. Dinheiro transferido, contrato assinado e agora é só regulamentar a documentação para finalmente dirigir a nova aquisição. Se antes era necessário ir até os departamentos estaduais de trânsito ou ao cartório, agora o processo será ainda mais simples.

Leia também:

Desde terça-feira (31), já é possível assinar digitalmente a ATPV-e (autorização transferência de propriedade de veículos) pela Carteira Digital de Trânsito. O processo virtual elimina a necessidade de reconhecimento de firma.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), incialmente a Assinatura Eletrônica Avançada estará disponível para vendas de veículos por pessoas físicas para estabelecimentos comerciais integrados ao Registro Nacional de Veículos em Estoque (Renave).

Com escrituração eletrônica de entrada e saída de veículos do estoque das concessionárias e revendedoras, o registro possibilita a transferência eletrônica, eliminando a necessidade de despachantes. A ideia é trazer mais praticidade para as transações.

Apenas alguns estados já aderiram ao novo sistema

Em um primeiro momento, a transferência só é possível se o Detran de jurisdição do veículo estiver aderido ao sistema Renave. Atualmente, apenas Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Goiás e Mato Grosso têm integração ao sistema.