Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    49.192,36
    +466,46 (+0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Demorou, mas os Reels do Instagram devem começar a exibir anúncios em breve

Alveni Lisboa
·2 minuto de leitura

Após o estrondoso sucesso do TikTok, o Instagram correu atrás do prejuízo e lançou o Reels. A plataforma ainda não conseguiu repetir a popularidade do rival chinês, mas já começa a caminhar com as próprias pernas. Prova disso é que a rede social deve começar a liberar, em breve, a inserção de anúncios neste formato.

A publicidade no Reels funcionaria de maneira semelhante ao formato já existente para os Stories. O Instagram Ads permite anúncios de até 30 segundos nos quais os usuários podem interagir da mesma forma que fariam com postagens orgânicas, com a famosa (e desejada) opção de “arrastar para cima” ou a inclusão de botões como “compre agora”.

Por enquanto, o Reels é o único formato ainda não explorado com propaganda no Instagram (Imagem: Divulgação/Instagram)
Por enquanto, o Reels é o único formato ainda não explorado com propaganda no Instagram (Imagem: Divulgação/Instagram)

Vale lembrar que Gerenciador de Anúncios do Facebook, que também se aplica ao Instagram, cobra dos anunciantes valores referentes à entrega do conteúdo e não necessariamente à conversão. Por isso, o anúncio nos Reels deve ter o mesmo impacto dos Stories — quem tem resultados positivos pode querer experimentar, quem não teve deve deixar passar a oportunidade.

Esta seria a primeira vez que a rede se propõe a faturar com o Reels. Até então, esta era uma ferramenta exclusivamente destinada ao entretenimento, ainda com pouco apelo comercial. Muita gente utilizava o formato para obter um alcance maior, já que o Instagram havia ampliado a entrega para estimular o uso.

Segundo o site Engadget, os anúncios em tela cheia verticais devem desembarcar inicialmente no Brasil, Índia, Alemanha e Austrália. Trata-se de quatro grandes mercados com públicos bem distintos, o que deve dar para a empresa uma boa noção de como tudo vai funcionar. Se os testes derem certo, a proposta é levar o serviço de propagandas para o restante do mundo nos próximos meses.

Sticker Ads

O Instagram também testa um novo formato de anúncio para os Stories com o uso de adesivos patrocinados. Destinados a influenciadores, os stickers permitem aos criadores de conteúdo monetizar suas histórias no Instagram e Facebook sempre que alguém usá-lo em uma publicação.

A propaganda em adesivos ainda está em testes (Imagem: Divulgação/Instagram)
A propaganda em adesivos ainda está em testes (Imagem: Divulgação/Instagram)

A ideia é que as marcas autorizem quem pode usar o adesivo e que gerem links para a conversão desejada, como a venda de um produto ou a assinatura de um serviço. Por enquanto, este recurso está disponível apenas para um grupo seleto de anunciantes e criadores de conteúdo.

A rede social também passou a permitir que os influenciadores vendam emblemas e produtos em transmissões ao vivo e compartilhe a receita com os criadores que veiculam anúncios na IGTV.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: