Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,18
    +0,61 (+0,56%)
     
  • OURO

    1.823,80
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    20.792,27
    -340,68 (-1,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,80
    -6,00 (-1,30%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.258,32
    +49,51 (+0,69%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.071,75
    +31,25 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5281
    -0,0160 (-0,29%)
     

Demogorgon da vida real: lagarto abre o rosto como uma flor para se proteger

Aproveitando que o último volume da quarta temporada de Stranger Things está logo aí, que tal conhecer o "Demogorgon da vida real"? O lagarto-dragão (Phrynocephalus mystaceus) pode abrir seu maxilar como uma flor, de maneira bem parecida com a criatura da série, utilizando dessa habilidade para espantar os predadores, como sugere uma pesquisa recentemente publicada no Biological Journal of the Linnean Society.

Muitos animais contorcem seus corpos em todos os tipos de formas peculiares na tentativa de atrair um parceiro, mas não é o caso do lagarto-dragão. "Cores chamativas também podem evoluir sob a seleção natural como sinais de alerta, que impedem ataques de predadores. Embora manchas de cores possam evoluir para um propósito, podem mais tarde ser convertidas para outro", afirmam os autores.

Para entender melhor o que motivou o lagarto-dragão a abrir suas bochechas no estilo Demogorgon, os pesquisadores capturaram alguns em Tukai, na China, e observaram suas interações em arenas. Ao todo, foram registrados 14 encontros entre dois lagartos machos e 17 pares de fêmeas, para ver como a espécie se comportava.

Os pesquisadores repararam que os lagartos não usam o artifício contra potenciais concorrentes de acasalamento, e para sua surpresa, nos encontros entre machos e fêmeas também não houve nenhuma utilização dessa "mandíbula especial".

No entanto, quando a equipe mostrou imagens de predadores, as coisas começaram a mudar. Primeiro, eles viram a imagem de um falcão voando, o que fez com que os animais fugissem, embora 3% tenham aberto as bochechas. Essa porcentagem saltou para 12% quando os lagartos se depararam com predadores reais, em vez de fotografias.

A conclusão da pesquisa é que o "lagarto Demogorgon" usa sua habilidade quando vê a própria vida sob ameaça, em uma tentativa de se desvencilhar do possível perigo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos