Mercado fechado

Demanda global por ventiladores para hospitais dispara

Jinshan Hong e Dong Lyu

(Bloomberg) -- O aumento do número de pacientes graves infectados com coronavírus impulsiona a demanda por ventiladores, que agora supera em pelo menos dez vezes a oferta disponível em hospitais em todo mundo, segundo a principal fabricante de dispositivos médicos da China.

A Shenzhen Mindray Bio-Medical Eletronics, juntamente com outros fabricantes de ventiladores chineses, registra aumento de encomendas devido à maior demanda por máquinas usadas em unidades de terapia intensiva. Em casos graves, a disponibilidade de um ventilador para ajudar um paciente de Covid-19 a respirar pode determinar sua sobrevivência.“A demanda é muito mais alta do que os pedidos que podemos receber; os pedidos superam muito nossa capacidade atual”, disse Li Wenmei, secretária do conselho da empresa em entrevista à Bloomberg na quarta-feira.

Com o número global de mortes pelo coronavírus acima de 18 mil, médicos de Milão a Nova York precisam desesperadamente de ventiladores. Hospitais que normalmente possuem apenas algumas máquinas agora precisam de uma para cada paciente grave. Embora o presidente dos EUA, Donald Trump, tenha dado sinal verde para fabricantes de automóveis como a Tesla fabricarem ventiladores para compensar o déficit, esses aparelhos complexos não são tão facilmente produzidos como outros suprimentos médicos, como máscaras cirúrgicas ou álcool gel.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.