Mercado fechado

Demanda do consumidor por crédito subiu 2,6% em novembro, diz Boa Vista

Valor

Trajetória em 12 meses mostra estabilidade, refletindo ainda economia fraca e mercado de trabalho frágil A demanda do consumidor por crédito avançou 2,6% em novembro na comparação com outubro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. Na comparação com novembro de 2018, o indicador subiu 2,7%. No acumulado em 12 meses, registrou alta de 3,9%.

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o financeiro apresentou elevação de 4,7% no mês. O segmento não financeiro, por sua vez, avançou 1,2% na mesma base de comparação.

Vendas do Natal devem crescer 4,5%, estima Boa Vista

Para a Boa Vista, a trajetória do indicador acumulado em 12 meses mostra certa estabilidade do ritmo de crescimento da demanda por crédito, refletindo ainda o fraco crescimento da economia e o mercado de trabalho fragilizado por elevadas taxas de desocupação e subutilização da mão de obra.

A alta de novembro foi a quarta consecutiva, o que pode ser reflexo da disponibilização dos recursos do FGTS ou da queda dos juros, segundo a Boa Vista.

O indicador de demanda do consumidor por crédito é elaborado a partir da quantidade de consultas de CPF à base de dados da Boa Vista por empresas.